19 dezembro, 2007

Plano de Acção Operacional ALCANENA 2013

Finalmente, cheguei ao fim da página 326! Nem acredito. Também estive fora 2 dias, por motivos familiares.

Bem, a maior partes das páginas são uma descrição dos três tipos de medidas a implementar (projectos estruturantes, programas e acções) de acordo com os oito objectivos estratégicos definidos. Num artigo anterior comentei apenas a parte relativa à criação de museus. Agora vou tentar dar uma panorâmica mais geral.

A reunião da Assembleia Municipal não é já hoje?

O plano arrola 72 medidas categorizadas de acordo com os tais oito objectivos estratégicos acima referidos. Um resumo de todas elas pode ser visualizado nas páginas 312 a 315. E ficamos impressionados com a grandeza dos números. O custo estimado total de todas estas medidas ascende a um pouco mais de 147 milhões de euros. Ou seja, cerca de 29,4 milhões de contos!

Vamos então dividir estes montantes por objectivos:



daqui se inferindo que o apoio ao desenvolvimento de actividades económicas e empresariais abarca mais de 50% do total a investir. Também é de destacar que em segundo lugar surgem as medidas ligadas às acessibilidades. Nada a apontar aqui.

O problema surge quando vamos analisar, em cada categoria, a medida com maior peso:



pois verificamos que, à excepção do desporto e cultura, uma unica medida é responsável por mais de 50% do valor atribuído na sua categoria. Ou seja, 8 medidas têm um peso superior a 75% no montante total. Uma clara concentração.
E, afinal, os incentivos ao desenvolvimento económico do concelho concentram-se na sua quase totalidade na construção da «plataforma logística do médio Tejo». Já nas acessibilidades 73% da verba total vai para a construção da «circular sul de Alcanena», o que aliado ao montante afectado à finalização da circular urbana de Alcanena (2500 milhares de euros) deixa apenas disponíveis 3565 milhares de euros ao melhoramento das vias do concelho já existentes.

No que respeita a Minde, só temos 3 medidas directamente ligadas à nossa localidade:
  • Museu do Têxtil com 1880 milhares de euros
  • Museu Roque Gameiro com 500 milhares de euros
  • Parque Industrial com 1957 milhares de euros

o que no total nem chega a 3 por cento do investimento previsto. Depois temos no «reordenamento da rede escolar» uma referência à escola secundária de Minde e nas acessibilidades, a inevitável estrada Minde-Vale Alto.

Pergunto: a Câmara vai investir quase 2 milhões de euros no Parque Industrial de Minde e nada é referido quanto às acessibilidades deste Parque Industrial, sobretudo na construção de novas vias de acesso? Um factor de sucesso para o êxito dum Parque Industrial é a sua localização e facilidade de acesso.

Esperemos para ver, mas a parte norte do concelho continua a ser o parente pobre desta autarquia. Nem sequer estudos para a construção de um parque industrial no limite norte da nossa freguesia, junto à Auto-Estrada.

P.S. Em relação ao meu anterior artigo sobre os Museus, o montante total de custo estimado para museus é mesmo o de 8 milhões e 230 mil euros.

16 comentários:

pm disse...

Excelente trabalho, João.
Palpita-me que deves ter estudado melhor o projecto e feito mais contas do que qualquer um dos n/ autarcas a quem nós pagamos vencimentos. PARABÉNS !!!

PS: Fiquei a pensar onde é que a CMA irá arranjar os tais 147 milhões de euros, quando apresenta orçamentos anuais de 15 milhões.
Será o QREN o salvador da "nação" ?

VémeCS disse...

1 - Ficou de fora o Polo Industrial a Norte do Concelho, ou seja, os ICAS querem Minde pequenino e pobrezinho.

2 - O Pedro Micaelo aderiu à PNETimagens

3 - E agora vou trabalhar

4 - Xau, Bom Natal e Boas Entradas em 2008

Vémecs

vémecs disse...

Esqueci dizer uma coisa: a PNETimagens já tem alguns nus ;-)

vémecs

Ropheka disse...

NICE Blog :)

MERRY Christmas :)

Anónimo disse...

Mais importante que discutir estas coisas hoje na Assembleia Municipal, é fundamental o que hoje lá vai ser deliberado/decidido:

- IRS a cobrar aos munícipes de Alcanena;
- Derrama para as empresas;
- IMI (contribuição autárquica) a incidir nos prédios rústicos e urbanos de Alcanena.

É fundamental abrir os olhos aos ICA's, a maioria deles com ordenados altos e seguros, que não gerem empresas e não têm de arriscar o seu património, e que, além disso, nem sequer vivem ou têm casas em Alcanena, que o tempo não está para brincadeiras e que é altura de dar folga ao povo!

E, por favor, não deixar que nos mandem à cara argumentos estúpidos vindos de alguma técnica camarária e que permitam justificar aos ICA’s, com base em meras estatísticas e valores contabilísticos, decisões políticas e sociais da maior importância. Isto ainda não é uma tecnocracia (até porque, se fosse, certamente nenhum dos ICA's estava no poleiro...).

Anónimo disse...

depois dos xoks tecnologicos.. avistam-se agora os xoks financ€iro$,

(será que em 2013 ainda vai valer a pena investir no concelho de alcanena???)

Anónimo disse...

ahhh ja m eskecia... e em 5 anos
é com estas medidas k se leva uma freguesia para uma situação melhor???

Museu do Têxtil
Museu Roque Gameiro
Parque Industrial

(que é ou era a segunda maior no concelho logo atras de alcanena - no que diz respeito a habitantes)

é triste mas é verdade...

(das duas uma ou minde é uma vila muito evoluida k nao precisa de grandes mudanças ou em alcanena so se pensa nesta vila qd se precisa de puleiro)

Anónimo disse...

ISSO NÃO É PRECISO PORQUE O POLEIRO VAI PARA LÁ SEMPRE E ESTE ULTIMO FOI A PENSAR LIXAR O PARDAL. CONCLUSÃO, MINDE ESTÁ NA CÁCA, OS BOMBEIROS NUMA CÁCA MAIOR A BOLA NOUTRA CÁCA, TUDO NA CÁCA.BURACOS NA ESTRADA, FALTA DE LUZ NAS RUAS, PRINCIPALMENTE NA AVENIDA QUE AINDA ONTEM OUVE ACIDENTE POR ISSO

Anónimo disse...

A EDUCAÇÃO DE QUEM SE DIZIA COM MUITA" FORMAÇÃO ACADEMICA E MILITAR" PALAVRAS DITAS Á BOCA CHEIA POR GENTALHA QUE ANDA AI A COMANDAR ALGUNS TACHOS, DEVE TER FICADO NOI RIO DOURO. POIS CONSEGUE ENTRAR EM LOCAIS PUBLICOS NEM BOU TARDE DIZ.. VÊ-SE LOGON QUE NÃO ESTAMOS EM CAMPANHA. VOTEM MAIS VEZES NELES.. CHULAGEM

Anónimo disse...

que pena tenho eu de a PJ andar ocupada com casos do apito dourado, caso da MADDIE, caso do gang da ribeira, tantos casos que os mantem entretidos. eles haviam de ter tempo era para virem a Minde vasculhar as contas de algumas colectividades e de gentalha que as preside e acompanhantes. Vê-se bem que desde o dia 13 de Dezembro 2005 não foi mau para todos.....

vitor manuel coelho da silva disse...

Vasculhar as contas de algumas colectividades? QUAIS? Esta afirmação é muito grave, ó anónimo!

Será melhor apresentar provas.

Anónimo disse...

as dos bombeiros por exemplo ou da associação recreativa não sei das quantas inserida dentro dos mesmos

pm disse...

Levantar boatos é feio e deselegante, e só devemos falar do que sabemos.

Os Bombeiros são uma colectividade respeitável, e falar assim, anonimamente, não deve ser plausível de um mínimo de crédito.

Anónimo disse...

sei que é e saber ningeum sabe porque a direcção da colectividade não dá cavaco a ninguem, aloás nem boa tarde dizem! mas pergunto eu, alguma vez viste ou ouviste falar nas contas dos donativos que fizeram e não foram poucos? nunca viste pois não? nem Tu nem ninguem mas que veio veio, e onde está?

Anónimo disse...

Pessoas más a falar na colectividade mais importante da nossa terra!Talvez ate seja bombeiros, talvez até há pouco tempo presizou dos serviços dos nossos bombeiros á borla. Sim á borla por ser bombeiro! Caramba deixen os bombeiros em paz! Ate porque a ideia nao era em falar dos bombeiros!!!!

pm disse...

"Caramba deixen os bombeiros em paz! Ate porque a ideia nao era em falar dos bombeiros!!!!"

APOIADO !!!!