15 dezembro, 2007

Luxo ou luxúria?

O presidente da Câmara de Alcanena, Luís Azevedo, folheava atentamente o livro de quase 200 páginas que o seu colega de Torres Novas mandou distribuir pelos convidados e que continha as linhas estratégicas do concelho para o QREN. “Nós também temos projectos interessantes mas o nosso caderno é muito mais modesto, apesar de maior. Isto é uma luxúria” desabafava. Depois, percebendo que estava por perto um jornalista emendou a mão: “Quero dizer, um luxo”. Não fosse causar mal entendidos… In "O Mirante"

COMENTÁRIO:
"Nós também temos projectos interessantes mas o nosso caderno é muito mais modesto, apesar de maior."
Mais modesto Sr. Presidente?
Concerteza não leu ainda o ALCANENA 2013. Torres Novas ainda terá que "esgalhar" muito para conseguir ter mais museus que Alcanena. Pelo menos, vamos ser os maiores nalguma coisa. Já estou a ver o novo slogam: Alcanena, capital dos museus !!!

1 comentário:

Um museólogo disse...

a começar no museu da comunidade em Minde e a acabar no museu «da vela e da vassoura» para Monsanto.

Escolas de todo o país. Em 2013, se precisarem de ir em visitas de estudo, já sabem: Alcanena!