28 janeiro, 2008

Perdi a paciência

E acho que muitos de vocês também!!

Até há pouco tempo, fui imaginando, talvez com um pouco de ingenuidade, que este blog pudesse ser um espaço informal e aberto a todos os que quisessem participar. O convite para colaboradores é desde a primeira hora, e os comentários foram sempre abertos e com publicação instantânea.
A idéia era que isto deixasse de ser um blog meu, mas um blog de Minde e sobre Minde. Quem quisesse escrevia e comentava.



Mas não pode ser bem assim. Alguém fez questão de que o blog tem de ser meu, e só meu. Tudo bem!
O que eu não estou é para andar aqui a perder tempo com novelas e conversas da treta. E também não estou para andar aqui armado em polícia a ter que ler pilhas de comentários sobres tricas e fofocas para ver se alguém passou os limites e decidir se apagar ou não. Não. Isso não é serviço para mim. Prefiro outras tarefas.

Desde o início desde blog, apaguei talvez 20 a 30 comentários, não mais, mas muitos mais deviam ter sido logo apagados á nascença.
Poderia começar a ser mais atento e rigoroso, e tentar evitar certos excessos. Poderia ir deixando andar e até ir aumentando as audiências com este tipo de novelas e lavagens de roupa, poderia... etc., etc.
Mas não posso, porque não quero !!!

A partir de agora os comentários deixarão de ter publicação intantânea, e sujeitos a uma filtragem e aprovação.
Quem diz o sim ou não, sou eu, e o resto é conversa.
Continua tudo igual, com anónimos, vira latas, zés, antónios, registados e não registados,... mas os comentário só serão publicados depois de aprovados. E vou tentar seguir um critério, não permitindo:

- Comentários com linguagem inadequada
- Comentários totalmente despropositados e fora de contexto do post
- Comentários ofensivos ou difamatórios
- Comentários com referência depreciativa a personalidades não públicas


É claro que permitirei, e até incentivo, comentários que discordem dos meus escritos, ou de outros editores, e umas larachas com uma boa dose de humor também serão sempre bem vindas. Mas pouco mais. Vai depender de como eu acordo.

Alguém já me disse: - É pá, mas isso perde a piada!
- Pois perde. Perde espontaneidade, perde a "clientela voyeur" das peixeiradas, perde...
Mas o que é que isso me interessa? Talvez ganhe outras coisas.
O certo, é que continuará a ser um blog sobre Minde e para Minde!

E pronto. Por hoje é tudo.
Já que alguns tanto fizeram para que assim seja, assim será !! Amen!

5 comentários:

Anónimo disse...

«E também não estou para andar aqui armado em polícia a ter que ler pilhas de comentários sobres tricas e fofocas para ver se alguém passou os limites e decidir se apagar ou não»

Mas é isso que vais passar a fazer agora! A ler os comentários paras decidir se os publicas ou não.

És capaz é de ter muito menos comentários...Auto-censura das pessoas.

Mindericus Vulgaris disse...

Pedro

Abre lá os comentários. Não é caso para tanto

Vítor

PS: mas já sabes ... se me atacarem aqui eu respondo se assim o entender.

Mindericus Vulgaris disse...

Pedro

Abre lá esta coisa, se não os corajosos "anónimos" vão ficar de monco caído.

Vê as msgs que deixei nos 2 blogs que criei ultimamente.

Lá não há comentários anónimos para ninguém. Nem no Portal Minderico. Já tenho a minha dose ;-)

Vítor

PS: podes publicar

o X disse...

É certo que assim perde um pouco a piada uma vez que os comentários demoram a aparecer, mas para grandes males grandes remédios.

Se isto é um blog sobre Minde e com o nome de Minde, deve haver um pouco de contenção.

Cá continuarei a vir e a ler e a comentar se assim o entender.

Vizinha disse...

Não sou a favor da censura, mas... quando a liberdade não está aliada ao bom senso nem à responsabilidade, pois que venha a censura sim senhor. Um blog é um lugar privado e, como tal, deve ser gerido pelo dono. Quem não gosta não venha cá. É tudo muito simples! Só ficam incomodados os que já não podem "peixeirar" à vontade, os outros continuarão a comentar na maior. Abraço.