03 janeiro, 2008

70 anos de casamento... é obra !!!

Não é vulgar um casal ter oportunidade de celebrar os seus 70 anos de casamento.
Mas aconteceu entre nós no passado dia 18 de Dezembro.
Os noivos de há 70 anos foram o Sr. Abílio Almeida Martins e sua esposa D. Maria Olímpia Almeida Ferreira, que casaram a 18/12/1937.

Abílio Almeida Martins nasceu a 9 de Fevereiro de 1914, frequentou a escola primária até à 3ª classe, ajudou a mãe que ficou viúva muito cedo e depressa se lançou na vida dos negócios. Vendeu mantas, comprou camisolas em Lisboa a 12 escudos que vendeu no Cadaval por 50, fabricou açoreanas, deu início à empresa Abalmar, investiu no ramo têxtil em Angola, depois esteve ligado a uma empresa de construção, e, em 2003, ainda sonhava com uma pousada na pena do Raio, segundo se informa em Passeios Mindericos - nosso número 548, de Agosto 2003.
E, no meio de tudo isto, ainda sofreu um grave acidente nas Moitas, em 1940, do qual veio a ficar com 65% de deficiência.
Mas talvez o mais singular da sua vida é que escreveu a carta a pedir namoro a D. Maria Olímpia quando tinha apenas 9 anos – digamos que dois meses antes de fazer os dez.
A Maria Olímpia, nascida a 4 de Novembro de 1915, só lhe deu a resposta treze anos mais tarde, mas provou-lhe que guardara a carta durante todos esses anos, mesmo tendo deitado fora outras que lhe foram dirigidas a fazer a mesma proposta.
É essa carta que ao lado publicamos.

Uma análise, mesmo superficial deste precioso escrito, revela-nos uma caligrafia muito cuidada para quem tinha apenas a 3ª classe, expressões de escrita comercial, e uma assinatura que não mudou muito até aos dias de hoje. Nada disto é vulgar e, se alguma conclusão podemos tirar, é que Abílio Almeida Martins foi, desde crianç, possuidor de amadurecimento fora do comum, vontade forte e determinação que se vieram a revelar pela vida fora.
É vontade do Sr. Abílio que a carta acompanhe D. Maria Olímpia quando Deus a chamar, fazendo-lhe companhia para o além-túmulo.

A festa dos 70 anos de casados foi bem a expressão da felicidade de ambos e de todos os seus descendentes por esta celebração tão rara.
Ana Maria Madeira, casada com um dos seus netos, executou um opúsculo que permitiu aos participantes acompanhar a celebração eucarística. Dele constam alguns dados de que nos servimos para esta local, nomeadamente a publicação da carta de pedido de namoro.
Depois da celebração eucarística, celebrada pelo Pároco na nossa igreja, foi o convívio familiar que teve lugar no Hotel de Alcanena.

Para o Sr. Abílio A. Martins e sua esposa o nosso abraço de parabéns, e que para o ano possamos novamente dar a notícia, com o acrescento de mais um ano e a satisfação de ambos se continuarem a sentir bem de saúde e felizes ao lado um do outro.
A. Nogueira In "Jornal de Minde"



PS : Parabéns primo Abilio e esposa, com votos de muita saúde. (PM)

3 comentários:

Anónimo disse...

Parabens

pm disse...

Esta é uma terra mesmo de anónimos.
Até para dar os parabéns !!!

andressa disse...

hj e o niver de 70 anos de casamento do meus bisa