15 outubro, 2007

Preso por destruir bens da autarquia

Um homem foi detido pela GNR de Alcanena depois de ter destruído bens da autarquia e de um grupo empresarial que ganhou um concurso para tratamento de resíduos da indústria de curtumes, informa a agência Lusa.

Segundo fonte da GNR, a família do suspeito, com cerca de 40 anos, era a responsável pelo tratamento e valorização dos resíduos da indústria dos curtumes mas perdeu recentemente o concurso público para o Grupo Lena, criando problemas financeiros naquela empresa familiar.

Na sexta-feira, um posto de combustíveis em Alcanena recusou fiar mais combustível ao empresário, alegando a existência de cheques sem provisão, e o homem, em retaliação, dirigiu o camião contra as estruturas de abastecimento.

Depois disso, o suspeito, que reside na localidade de Gouxaria, atingiu outro posto, um hotel e outras instalações que são propriedade do Grupo Lena bem como o muro da casa do presidente da Câmara, como forma de retaliação, explicou fonte da GNR. Perante estes factos, as autoridades detiveram o homem e pediram o seu internamento compulsivo, devendo ser hoje enviado para o hospital Curry Cabral, em Lisboa, acrescentou a mesma fonte.
in "Portugal Diário"

13 comentários:

Vítor Manuel Coelho da Silva disse...

!!! Esta deixa-me a pensar !!!

Desespero? Revolta?

De qualquer modo, isto nunca deveria acontecer!!!

É triste, muito triste ..... O nosso Concelho anda mesmo muito mal !!!!!

o tal disse...

É estranho,

Perdeu o tal concurso para o grupo lena??!!!?

O tal que ganha as grandes obras no concelho?!!!?

O tal que empregou a filha do presidente??!!?

Hummm, tudo mt estranho, ou será coincidências?????

o outro tal disse...

O grupo Lena já é quase dono do concelho

Eles papam tudo e não deixam nada.

Hoje sucedeu a este desgraçado da Gouxaria, amanhã sucede a outro.

Anónimo disse...

o que está por detrás desta história é uma vergonha. a câmara encostou os fojos e deu de bandeja esta actividade ao grupo lena.

Anónimo disse...

Em Alcanena tudo é dado de bandeja ao grupo lena, ou não fosse o Marcelino já ter lá um lugar (dos bons) garantidinho, quando tiver que sair da câmara.
Verdade, verdadinha !!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Isto é a lei da selva.
Salve-se quem puder!!

pm disse...

Ficaram com o hotel, ficam com as obras, ficam com os serviços e hão-de ficar com as águas, a recolha do lixo e as etares.

Depois só temos de pagar as taxas
á CM Alcanena/Lena. Simples.

"Eles papam tudo e não deixam nada.
Verdade, verdadinha !"

investigador disse...

«...atingiu outro posto, um hotel e outras instalações que são propriedade do Grupo Lena bem como o muro da casa do presidente da Câmara »

ISTO SÃO BENS DA AUTARQUIA ????

Anónimo disse...

Haviam de haver mais com a coragem dele... e dar a volta a este país...

Anónimo disse...

O eng. Zé Luís de Minde que é administrador da Construtora do Lena vai perdoar ao homem e sub-adjudicar o trabalho que a Lena ganhou à empresa dele para não a deixar falir. Tão certo como 2+2 serem igual a 22

Anónimo disse...

Vão ver que os Icas se vão aliar aos seus apoiantes encobertos anichados no Psd de Alcanena

Anónimo disse...

O nosso concelho até podia mudar de nome:

CONCELHO DE ALCALENA

Anónimo disse...

TENHO NOVIDADES O SR. FOJO FOI REALMENTE FAZER EXAMES AO HOSP. CURRY CABRAL MAS LÁ DISSERAM QUE O HOMEM NÃO ESTÁ MALUCO E JÁ ANDA FORA DE PRISÃO. PODE SER QUE VÁ A MINDE CUIDADO!!!!11