27 dezembro, 2008

As Câmaras e a Estrada de Minde


David Catarino está de saída da presidência da Câmara Municipal de Ourém, e será o vice Vitor Frazão (PSD) quem se prepara para dentro de umas semanas assumir a liderança.

Vítor Frazão, que obteve recentemente apoio unânime das bases do partido à sua candidatura nas próximas autárquicas, será também o futuro candidato do PSD nas próximas eleições.
Em entrevista ao jornal Notícias de Fátimas, abordou a sua natural sucessão e falou sobre vários temas em agenda, entre os quais, a Estrada de Minde.



(...)
Notícias Fátima Na área da reabilitação urbana, em concreto, apenas é conhecido o plano de acção da requalificação da Estrada de Minde e o timing de conclusão coincide com vésperas de eleições. Não está a dar razão à oposição que afirma que o actual orçamento é eleitoralista?

Vitor Frazão Dentro do projecto de acessibilidades a Fátima as estradas de Minde, Batalha, Loureira e a da Igreja Paroquial têm os seus projectos base executados, urge apenas ter dinheiro para o efeito, no caso da estrada de Minde que vai passar a ser uma avenida, as máquinas vão estar no terreno na pior das hipóteses no mês de Março estando terminada no mês de Setembro. Essa acusação que nos fazem que é uma obra eleitoralista não me preocupa rigorosamente nada, não tem qualquer sentido se a formos comparar com outras situações por esse país fora, o que é importante é que a obra se faça. As infra-estruturas, o projecto, o financiamento e identificação demoraram o seu tempo para que tudo fosse conjugado a começar-se em Março, não há aqui nenhum oportunismo eleitoralista, pelo contrário, a obra vai durar algum tempo e perturbar os utilizadores que vão estar condicionados. Pergunto aos críticos se por estarmos em pré campanha consideram que devemos parar o país?

(...) Ler entrevista em "NOTÍCIAS DE FÁTIMA"


COMENTÁRIO:
Nas palavras do futuro presidente, Ourém tem projectos para as 4 estradas de Fátima, mas não existe dinheiro para o assunto. Mesmo assim afirma que a Estrada de Minde vai passar a Avenida, iniciando-se as obras em Março e terminando em Setembro. Óptimo!

O Problema é que esta designada Estrada de Minde, que irá passar a Avenida, e cujas obras se anunciam, não equivale á totalidade dos 13 Kms que separam Minde de Fátima.
Quanto muito estendem-se até á rotunda de Torres Novas, podendo, eventualmente ser a estrada N360 arranjada até Boleiros. Esta é a leitura que eu tenho feito do assunto.

Sendo assim, na melhor das hipóteses, Ourém só promete resolver o problema para cerca de 1/3 do percurso. E o restante ?

Agora que Ourém ingressou na Comunidade do Médio Tejo, da qual Alcanena tem a vice-presidência, não será altura de estes municipios, que estão no extremo da comunidade, unirem esforços na busca de soluções para problemas comuns?

A Câmara Municipal de Alcanena não pode ficar "sentada" a ver o que se passa do outro lado. Alcanena tem a obrigação e a responsabilidade de participar na resolução deste problema situado no seu território e que une o concelho a um local estratégico do turismo nacional.
A CM Alcanena, há muito já deveria estar a participar e a conjugar um projecto paralelo para a restante estrada implantada na área do concelho, mas aposto que ainda ninguém deu um único passo nesse sentido. Aliás, sobre este problema, tanto para o executivo como para a oposição, a solução tem sido "assobiar para o lado".

Não nos iludamos com estas conversas da "Avenida de Minde". É necessário protestar, fazer barrulho e chamar a atenção. Só assim as coisas funcionam neste país.
Para já, acho importante que continuemos a assinar a PETIÇÃO ON-LINE. Para além de O MIRANTE, também já o REGIÃO DE LEIRIA noticiou a existência da petição, o que tem originado que o pessoal de Fátima tenha começado a aderir muito bem. Já existem mais de 200 assinaturas, e quantas mais, maior peso terá em qualquer acção futura. Eu já Assinei. Assine Você também !!!

Petição reclama arranjos da estrada de Minde

Uma petição na Internet está a exigir aos presidentes das câmaras de Ourém e Alcanena o arranjo da estrada de Minde.No documento, que pode ser subscrito em www.pnetpeticoes.pt/mindefatima/
e que terça-feira já continha 61 assinaturas, pede-se aos autarcas “maior empenhamento na resolução deste gravíssimo problema, procurando junto do Poder Central as verbas necessárias para a urgente requalificação da EN 360”.

A petição pede a inclusão de um “passeio em toda a sua extensão, pelo menos para os peregrinos que anualmente utilizam esta via para as suas visitas a Fátima, finalização das redes de infra-estruturas, criação de rotundas nos principais cruzamentos e repavimentação eficaz e duradoura”.
Vítor Coelho da Silva, empresário de Minde, concelho de Alcanena, que encetou a petição, explicou ao REGIÃO DE LEIRIA que o problema da via, sobretudo em Fátima, “é o sistemático abrir e fechar de valas para a instalação de infra-estruturas”. Para o empresário, a iniciativa é um “alerta para ver se, de uma vez por todas, a estrada é arranjada”.

O presidente do conselho de administração da Sociedade de Reabilitação Urbana de Fátima, entidade que tem a seu cargo a requalificação da via, entretanto desclassificada, passando para o domínio municipal, esclareceu que a empresa “está a ultimar o processo de concurso para a empreitada, a lançar no início do ano de 2009”.
Nuno Palma Nobre esclareceu ainda que “o prazo de execução previsto é de sete meses” e o custo de 1,8 milhões de euros, no que respeita ao troço da estrada na freguesia de Fátima.
Publicado no "REGIÃO DE LEIRIA"

4 comentários:

Anónimo disse...

Pedro,
achas que após todos estes anos, são estes Icas que vão mexer om um processo destes? Ou, caso venham a ser reeleitos, que são eles que vão andar com esta e outras carroças para a frente?
Acorda pá...

pm disse...

Eu já acordei há muito.
Aliás, ao som desta administração Azevedista nunca cheguei a adormecer.

Entendo é que a política tem vários sentidos de ser feita, e se não manifestarmos as nossas idéias pouco se alterará. E há muita coisa que precisa de ser alterada.
A união pode ter muita força, e os políticos tb sabem isso.

Um Bom Ano!

Anónimo disse...

Os Icas vão mudar de nome e o candidato vai ser o Marcelino.

Anónimo disse...

olha aí está uma notícia triste. o debater minde também já tinha falado nisso.
enfim, só tristeza.