16 abril, 2008

No Blog do PSD

Após trinta e tal anos de democracia, é triste viver num concelho assim. Para sabermos alguma coisa do que se decide nas Assembleias Municipais e Reuniões do Executivo temos de recorrer aos blogs dos partidos da oposição, porque a CMA não publica as actas. Nota zero para este jogo sujo do executivo da CMA. Não é só desmazelo. Para mim, é jogo sujo e com muitas características da política da "outra senhora".

Mais uma vez, é pela voz do PSD, que no seu blog reproduz alguns excertos da acta da reunião do Executivo de 28 de Março. Optámos por transcrever apenas as respostas do Presidente do Executivo referentes aos ítens focados e com destaque para a Zona Industrial de Minde e ao tal projecto do Museu Territorial.


Na reunião do Executivo de 28 de Março foram apresentados os seguintes assuntos pela vereadora do Partido Social Democrata:
1- Projectos museológicos;
2- Zonas Industriais;
3- Cine-teatro S. Pedro;
4- Web Page do Município;
5- Actividades de Enriquecimento Curricular do 1º Ciclo.

(...)
B. Respostas
4 – Pelo Excelentíssimo Senhor Vice-Presidente da Câmara, a presidir à presente reunião, foram prestados os seguintes esclarecimentos acerca dos assuntos apresentados pelas Senhoras Vereadoras:
_______ 4.1 – Relativamente ao Cine-Teatro São Pedro, em Alcanena, disse que, em princípio, tudo está a apontar para que o mesmo seja inaugurado no dia oito de Maio do corrente ano.
_______ 4.2 – Sobre a Zona Industrial de Minde, disse que, após o concurso se optou por efectuar a empreitada em duas fases. Numa primeira fase fizemos dezasseis lotes, estes sitos do lado da estrada que vai para a Serra de Santo António. Foram abertas inscrições de candidatura para os dezasseis lotes já feitos com vista à atribuição/venda dos mesmos, e também para aferir da sensibilidade dos interessados na respectiva aquisição.
_______ Solicitou esclarecimentos sobre as propostas recebidas, tendo a Directora do Departamento de Administração Geral e Finanças, referido que só tem conhecimento de uma proposta de candidatura para o lote sessenta e um.
______ O Vereador, Senhor João José Martins Silva, disse que existe outra intenção de candidatura de um munícipe do Covão do Coelho.
_______ A Directora do Departamento de Administração Geral e Finanças, solicitando o uso da palavra, disse que foram abertas inscrições para apresentação de candidaturas por edital datado de catorze de Janeiro último, tendo o prazo terminado no dia vinte e nove de Fevereiro findo.
_______ O Excelentíssimo Senhor Vice-Presidente, disse que irá propor nova abertura de apresentação de candidaturas. Acrescentou que, por ora, como se deliberou na última reunião deste Órgão Executivo, os trabalhos foram suspensos por sessenta dias. Está em análise se a Câmara irá executar obras para mais lotes sem haver mais aderência à aquisição dos lotes já executados.

_______ 4.3 – Sobre a Zona Industrial de Alcanena, o Excelentíssimo Senhor Vice-Presidente, disse que continuamos com o Estudo de Impacte Ambiental por aprovar.

_______ A empresa projectista descuidou-se na apresentação dos documentos exigidos pela CCDR – Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional. Por sua vez a Comissão de Coordenação tem prazos dar parecer e não teve tempo para tal pelo que temos de apresentar outro estudo ou o mesmo corrigido com os documentos e dados necessários, estudo esse que já foi entregue.
_______ Sobre este assunto e dadas as dificuldades financeiras que todos conhecem, subsiste a dificuldade de como se vai arranjar financiamento para esta obra.

4.4 – Sobre o Museu do Território, disse que é um projecto deste Executivo. Trata-se de um projecto complexo a nível do concelho. Não foi assumido que este projecto seja para executar já ou daqui a algum tempo. Candidatos ao Programa Operacional de Cultura foram o Museu do Curtume em Alcanena e o Museu da Aguarela Roque Gameiro em Minde. O Museu do Curtume não tem estudo financeiro. Dificilmente um projecto daquele tipo será autosustentado. Temos de actuar ao nível dos custos e das receitas por forma a rentabilizar o mais possível. Mencionou também o Centro de Ciência Viva do Alviela, o estudo económico-financeiro que ao tempo foi realizado e a sua discrepância com a realidade. Referiu que a este nível seria muito importante a existência da Contabilidade de Custos para um correcto estudo económico-financeiro e sua análise ao longo do tempo. Sabe que ao nível do País, muito poucas Autarquias terão este tipo de contabilidade implementada. Referiu a sua importância mas disse que este assunto tem de ser visto em termos de escala. Somos uma câmara pequena e a estruturação da implementação da contabilidade de custos tem de ser muito bem pensada em termos sectoriais e de definição de centros de custos, para evitar termos várias pessoas a fazer o mesmo trabalho. Foram assumidos, para já, apenas o Museu do Curtume e da Aguarela.
_______ A ADIRN – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Norte está em processo de contratualização com o Ministério da Agricultura e nesse processo poderão vir a ser incluídos os espaços museológicos do Malhou e da Serra de Santo António. Contudo, como disse é um projecto ainda em negociação.

Comentário (PSD):
Hoje diz-se uma coisa, amanhã diz-se outra. Relativamente aos museus, sabemos que há um núcleo – Museu das Bonecas - cujas obras vão avançar já para ser inaugurado em Junho.
Quanto à Zona Industrial de Minde, o executivo é muito optimista e fala já na hipótese de permutar essa infra estrutura. Será que o executivo se prepara permutar a Zona Industrial de Minde com o Museu de Curtume, cujas obras começou sem ter garantido primeiro o financiamento do POC, Plano Operacional de Cultura, contrariamente ao que tinha afirmado?



Ler Texto Completo em "PSD ALCANENA"

O MEU COMENTÁRIO:
Sobre a ZIM nem palavras são necessárias. 16 lotes, uma proposta de candidatura, e já no ar a hipótese de permutar a infra-estrutura com as obras do Museu do Curtume. Isto diz tudo das intenções do executivo desde a primeira hora. Uns chamar-lhe-ão incapacidade e incompetência. Eu acho que existe aqui muita premeditação.
Sobre o Museu do Curtume? Bem já estão a ver que o é que irá pagar a obra. Como a "coisa" está a andar, serão os terrenos expropriados por utilidade pública em Minde. Estão a gostar?

Bem, e aquela de um Presidente ter de chamar a Directora do Departamento de Administração Geral e Finanças para prestar esclarecimentos sobre os resultados dum concurso que terminou a 29 de Fevereiro sobre um dos projectos basilares do concelho, revela logo aí um interesse... enorme.



PS: A Propósito do Museu do Curtume, é o título do post onde alguns comentários, embora anónimos, são bastante pertinentes sobre os novos cargos que aí vêm. A rever, e cada qual que pense o que quiser.

1 comentário:

Xóriça disse...

E as propostas do PSD estão em que blogue?