03 agosto, 2009

Carta Aberta ao Dr. Carlos Malaca


Quero dar o meu testemunho relativamente ao candidato ICA à Presidência da Assembleia Municipal, Dr. Carlos Malaca.

Aproveito para referir a minha total suspresa pela sua inclusão na lista ICA como candidato à Presidência da Assembleia Municipal.
Eu conheci e contactei com o Dr. Carlos Malaca quando ele era o único vereador da oposição até ao ano de 2004 (altura em que ele se demitiu) e eu andava pelo site do Minderico.

Quero dizer que foi um ÓPTIMO vereador da oposição. E era uma pessoa honesta. Os seus relatos no blog que ele criou eram a única forma de conhecer o que se passava na hermética vereação ICA.

A partir daí constato o seu afastamento progressivo do PSD, ou melhor, das pessoas do PSD que passaram a liderar a concelhia de Alcanena. E penso que a ruptura se deu agora.

Claro que é fácil apelidá-lo de vira-casacas, troca tintas, etc. Não vou por aí. Só faço aqui um apelo ao Dr. Carlos Malaca para, se ainda o não fez, deixar de ser militante do PSD. Numa altura em que o seu (ex?) partido se junta ao CDS para tentar ter mais hipóteses de ganhar a Câmara, não será correcto que um militante do PSD que já foi candidato à presidência da Câmara esteja numa lista opositora ao partido.

Esperemos que o Dr. Carlos Malaca nos esclareça rapidamente esta nossa dúvida e coloque os «pontos nos is». De outro modo ficará maculada a sua candidatura pois permanecerá sempre a suspeita: «Será que ele ainda é militante do PSD?». Os simpatizantes deste partido não irão entender bem esta sua «traição».

Temos de ser coerentes. E do muito que recordo do Dr. Carlos Malaca, quando ele era opositor à maioria ICA, era a sua critica ao presidente da câmara por continuar a ser militante do PS quando tinha ganho ao seu partido. Independentes são mesmo isso, independentes. Sobretudo quando os militantes foram militantes proeminentes, candidatos a presidente da Câmara contra a lista que agora apoia, candidatos à concelhia de Alcanena do PSD (que perdeu), etc. O Dr Carlos Malaca não foi um militante anónimo qualquer.

Mas isto se calhar deve ser uma visão «celestial» e platónica da politica de que eu enfermo.
E cinco anos são muito tempo, não é Carlos?


Transcrevo para o texto a resposta do Dr. Carlos Malaca deixada em comentário:

Caro João,

A sua carta aberta é uma oportunidade para esclarecer a minha condição de militante do PSD.
A 13 de Maio de 2009, depois de pedir todos os esclarecimentos ao PSD, pedi a minha desfiliação do partido que foi aceite naquela mesma data.

Levo a sério esta candidatura independente pelo Concelho de Alcanena. Acredito que seremos capazes de analisar e apresentar soluções para os problemas do Município.

Move-me o Concelho de Alcanena. Foi assim no passado, será assim no futuro.
Um abraço
Carlos Malaca

14 comentários:

Arnaldo Ventura disse...

Meu Caro,

Aqui fica a transcrição de uma aprte dos estatutos do PSD que julgo responder à questão levantada:

"Artigo 9º (Sanções)
3. Cessa a inscrição no Partido dos militantes que se apresentem em qualquer acto eleitoral nacional, regional ou local em candidatura adversária da candidatura apresentada ou apoiada pelo PPD/PSD.
4. O disposto no número anterior determina ainda a suspensão automática e imediata de todos os direitos e deveres de militante, desde o momento da
apresentação da candidatura até ao transito de decisão final."

Aqui fica o link dos estatutos.

http://www.psd.pt/archive/doc/estatutos_2006.pdf

JMQ disse...

Obrigado pelo esclarecimento pronto. Ainda bem que assim é.

Fico no entanto com uma dúvida:
«desde o momento da apresentaçãoi da candidatura até ao transito da decisão final». Que decisão final? De quem?

Arnaldo Ventura disse...

Dos �rg�o competentes do partido. A inscri�o cessada funciona como que uma suspens�o. Depois ser�o aplicadas san�es "oficiais".

Sherlock, the only one disse...

Esclarecisa esta questão, não seria de começar a colocar-se questões ao Dr. Malaca? Sobre o que pensa de Minde, do Concelho etc.

Anónimo disse...

Esta carta é muito pertinente, pois segundo o que é dito nos cafés até à data o Dr Carlos Malaca esqueceu-se de pedir a desfiliação. Alguns dizem que foi por esquecimento com todos estes afazeres. Outros há que dizem que pode dar jeito, é que o emprego que o Malaca tem foi arranjado pelo BILHAS... enfim, no cds não ganhou nada, chegou ao PSD e ofereceu-se para ser candidato à câmara. Foi vereador por pouco tempo, pois renunciou, teve medo de decidir acerca do CIRVER. mas pronto, a passagem pelo PSD valeu-lhe o tacho. Talvez por isso se mantenha laranja (apenas no paplel), nunca se sabe se pode vir a precisar... A propósito, lembram-se da acta em que o Azevedo lhe disse que dispensava os elogios dele e que ele deveria portar-se como oposição?
lembram-se das críticas bem recentes aos ICA? enfim, apenas meras ambiguidades....

Anónimo disse...

independentes? O Marcelino continua a ser um militante activo do PS e até foi votar nas últimas eleições para a concelhia. Quanto ao Malaca, ele pode dizer o que entender, vitimizar-se até, mas para mim não tem desculpa. Serei sempre benfiquista, independentemente de gostar ou não da sua direcção. Desculpar as opções com os outros é o mais fácil, mas não pega...

Carlos disse...

Caro João,

A sua carta aberta é uma oportunidade para esclarecer a minha condição de militante do PSD. A 13 de Maio de 2009, depois de pedir todos os esclarecimentos ao PSD, pedi a minha desfiliação do partido que foi aceite naquela mesma data.

Levo a sério esta candidatura independente pelo Concelho de Alcanena. Acredito que seremos capazes de analisar e apresentar soluções para os problemas do Município.

Move-me o Concelho de Alcanena. Foi assim no passado, será assim no futuro.

Um abraço
Carlos Malaca

Anónimo disse...

Este homem não me deixa de surpreender. A sua candidatura pelos ICA foi assumida desde o início do ano. Sei através do marido de alguém que ele foi convidar em Março da pressão que exerceu para a senhora em questão integrar as listas sem dizer que era para os independentes. A rapariga pensava que era para o PSD. Quando ela finalmente descobriu que era para os independentes, garantiu-lhe que o PSD não se iria candidatar. Isto tudo antes de Maio. Grande Social Democrata este...

Anónimo disse...

"Move-me o concelho de Alcanena"??? Diga lá a verdade Sr Malaca, o que é que o moveu quando faltou à reunião da câmara destinada à votação do CIRVER e renunciou ao mandato? o concelho não foi. O PSD e os restantes partidos da oposição também não pois votaram contra... Não me diga que o seu compromisso com os ICA vem daí....

Anónimo disse...

Gosto de ver que ainda há pessoas in-dependentes no concelho.
Em 2001 votei nele por achar que era a unica alternativa ao PS (equipa A) e PS (Equipa B).
Fui um dos 900, admito!
Entretanto falei com uma pessoa da estrutura local do PSD e ele ficou por saber dos esclarecimentos que foram pedidos pelo Dr. Carlos Malaca (?).
Apenas me adiantou que o Dr. Carlos Malaca, para alem dos elogios ao elenco ICA de 2001-2005, e da renuncia de mandato, apenas apresentou propostas "concretas" para o concelho no blog que tinha.
Está na cara que é mais um politico de mangas arregaçadas na mesa de café, mas que desiste das decisões quando tem poder para as tomar.
Estamos entregues

Arnaldo Ventura disse...

"Fui um dos 900, admito!"
Para anónimo não está nada mal esta confissão...

chefe de gabinete do JJ disse...

ahahah, boa essa...!

ps: é mesmo muito importante saber se esta personagem ainda é ou não do Psd... Mesmo muito importante! Aliás, fundamental.

Anónimo disse...

Olha este! Para os ICAS o vira-casaquismo não é importante, claro! Falta pouco para também aceitarem o Pires

São yodos «independentes»

Anónimo disse...

O nosso «Minderico» era tão amigo dele, é uma pena que esteja de férias.

Deve estar muito contente, claro, já lhe deve ter enviado nesta altura 53 mensagens escritas e 5 pedidos de entrevista para pôr no seu PM.