11 julho, 2008

Descubra as semelhanças

Ambas as imagens foram publicadas. Uma no Jornal de Minde, e outra no Minde-Online. Consegue identificar os locais e as semelhanças?


Torres Gémeas
Você acredita que juntando duas coisas más se pode obter uma coisa boa?


Os Teimosos
Se dois não chegarem, coloquem um triplo.
SOLUÇÃO:
Os locais são no centro de Minde, e a semelhança está na "estupidez".

6 comentários:

Anónimo disse...

qualquer dia precisamos de um mapa para andar a pé entre tanta tralha

By-by disse...

EU ACHO QUE FAZ FALTA MAIS UM OU DOIS NOS INTERVALOS

Anónimo disse...

O responsável que idealiza estas maravilhas urbanísticas mais vale estar a dormir...

Devem querer pôr Minde no mapa nacional do ridículo....por este andar qualquer dia ainda aparece no "Nós por cá" do telejornal da sic.....
hehehe

clemente carvalho disse...

epá axo k seria melhor colocarem uma fileira ai com uns 100...:s

epá toda a gente com pelo menos 2 dedos de teste percebe k o problema esta relacionado com uma coisa só... a má fixação à terra .. agora se um carro manda uma coisa dessas com a facilidade k todos conhecem... eu digo so podem estar a brincar (ao fazer isto)...


epá axo k isto no 'nós por cá' ainda dava para para uma pekena gargalhada.


(enfim... cá 'estemos' em portugal)

btarde a todos

Anónimo disse...

será que estas coisas estão como no projecto com a altura e a largura ? se alguem bater com o carro de quem será a culpa do condutor ou de quem os pôs sem estarem como no projecto?

pm disse...

O que eu sei é que isto para além de não passar pela cabeça de ninguém é anti-regulamentar.

Imaginem a dificuldade de um invisual no meio desta "floresta desordenada" de prumos. Para quê?
Apenas gera mais mão de obra gasta na manutenção e despesas nos bate-chapas.

Contudo, à Junta podem ser imputadas responsabilidades e custos.

Muitas terras estão a optar por prumos flexíveis para evitar danos e reparos, aqui... é o que se vê. Gostamos de dificuldades e palermices próprias do "novo-riquismo".