27 fevereiro, 2008

Câmara de Alcanena aprova Carta Educativa

A revisão da carta educativa do concelho de Alcanena foi aprovada por unanimidade na última reunião do executivo ficando agora a aguardar a ratificação da assembleia municipal para que os investimentos previstos possam ser aprovados e candidatados a fundos do QREN.
O documento, depois de revisto por um conselho de trabalhos, prevê o encerramento de 13 escolas no concelho e a concentração dos alunos em dois centros escolares únicos, localizados em Minde e em Alcanena, sendo necessárias obras de remodelação e ampliação para o bom funcionamento dos mesmos.
Estão em fase de estudo, para o agrupamento escolar de Minde, a construção de 4 salas de aula e um refeitório, e em Alcanena a construção de um novo edifício com 22 salas de aula, uma biblioteca e a ampliação do refeitório actual. In "O Mirante"

27 comentários:

Anónimo disse...

CENTRO ESCOLAR DE MINDE -ÓPTIMO.
Mas...
para ALCANENA: novo edifício; 22 salas; refeitório e biblioteca.
para MINDE: 4 salas (onde)? e refeitório. E biblioteca para Minde?-A diferença entre o nº de alunos não justifica esta discrepância)...
Parece-me haver pouca vontade política para investir em Minde.É pena...Até parece que não temos autarcas em Minde!E olhem que este tema é crucial para o desenvolvimento da nossa terra.

850 votos = um vereador disse...

A desigualdade de tratamento entre Alcanena e Minde é chocante. E o mesmo vale para as outras terras.

Este governo autárquico ICA, para além de se ter revelado muito mau, favoreceu e favorece, ostensivamente, tudo o que diga respeito à capital do concelho.

E mesmo esta tem que ter motivos de queixa desta autarquia. É chocante como tão pouco se fez e se pensou em todos estes anos no Concelho. É chocante como é que um concelho onde o desenvolvimento foi muito reduzido, para mais comparando com concelhos vizinhos, tem um nível de endividamento tão grande, onde o que mais se ouve é que não há dinheiro para nada.

Quando é que as oposições se mexem?
Quando é que denunciam vergonhas como os custos da Câmara com os vereadores e o Presidente e o seu chefe de gabinete? São normais algumas despesas apresentadas e pagas como ajudas de custo e despesas em nome do município? Quando é que denunciam na assembleia e às entidades de fiscalização da Câmara as 52 rectificações ao orçamento da Câmara que tiveram lugar em 2007?

Como é que os outros concelhos se desenvolveram tanto em alguns anos e Alcanena está como está, com um nível de dívida igual aos outros?

arre gaita disse...

Se estás à espera que minde se desenvolva com ideias da camara bem podes esperar sentado.

Quanto a haver vereadores da freguesia até há, mas não se notam melhoras.

Mindericus Vulgaris disse...

Psiu .... alguém já me disse que ando muito calado (sem escrever).

De facto ando - parece-me que é a vez de outros serem "malcriados" como eu tenho sido.

Calado-mode até ver

vmcs

Mindericus Vulgaris disse...

Talvez agora muitos compreendam porque é que o Polo Industrial a Norte do Concelho não merece propostas de ninguém.

E este ninguém implica os 3 vereadores da Freguesia de Minde.

4 salas de aula para Minde e 22 para Alcanena.

Topam?

E depois eu é que sou bruto e malcriado.

vmcs em calado-mode ... xiu!

Anónimo disse...

Será que a Câmara vai "encavalitar" o tal Centro no espaço da Primária e da C+S , não permitindo, no futuro, qualquer crescimento destas Escolas e portanto de Minde? Não haverá dinheiro para adquirir algum terreno perto? Se se pretende melhorar as condições de ensino dos alunos das várias localidades, então espera-se que estes centros ofereçam, de facto, boas condições e sejam, no mínimo, espaçosos.
É que, na óptica deles, "para Minde bacalhau basta".
Para mim não.

Anónimo disse...

Posso fazer uma sugestão? Falem com o concertinas, perdão, com o chefe de gabinete Daniel Café, pode ser que ele nos possa ajudar. Parece-me ser o único com visão de futuro, pelo menos do futuro dele, se é que me estão a perceber.

pm disse...

E como diz no texto, este documento foi aprovado por UNANIMIDADE.
Agora só falta ser aprovado pela Assembleia Geral. A tal que numca publica as actas.

E nós estamos cá para bater palmas quando o Sr. Presidente vier a Minde inaugurar as tais 4 salas de aula.

Comissão anti-extinção de Minde disse...

É efectivamente uma vergonha.
E na oposição é igual. Quem é que pensam que se bateu ferozmente por Alcanena e contra Minde? Quem é que pensam que puxou todos os cordelinhos por parte de Alcanena e da Câmara de Alcanena? Com quem é que os representantes de Minde tiveram de debater nesta questão, para além da Câmara e das entidades de edução?

Com a Ana Cláudia Coelho, do PSD.

Basta ver o auto-elogia que ela se faz no blog da concelhia do PSD...

Ahh, pois é bebé...

Depois nas eleiçõe traveste-se de grande defensora de Minde e dos Mindericos. É tudo fachada.

ps: caso a Sra. Vereadora, que irá ler certamente este comentário, o queira vir desmentir, esteja á vontade.

Mindericus Vulgaris disse...

Já Salazar dizia: Portugal? Quere-o pequenino e analfabeto.

Assim estão os Vereadores, nomeadamente os da Freguesia de Minde - Minde? Queremo-lo pequenino, inculto, ordeiro e POUCOS. Quanto menos formos, menos barulhos haverão de noite. Estes vereadoreszinhos da Freguesia devem ter o sono muito leve e a consciência muito pesada.

Haja Deus!

arre gaita disse...

Nós ponto e virgula...

Quanto ao concertinas, talvez algum dia se saiba as despesas de representação que este energumo apresenta quando vai a uma simples reunião a Lisboa (num carro do municipio com via verde).
Quem sabe talvez um dia se possa consultar no site da CMA as contas do municipio.

Mindericus Vulgaris disse...

Vamos a ver se o Beto (Gilberto Carvalho), o Luís Pires Pardal, o meu primo advogado Victor Coelho da Silva, o Engº Zé Luís e mais uns "puros" do PSD voltam a apostar nesta Ana Cláudia.

Esta senhora é de Torres Novas, elitista em último grau, que se está marimbando para o Povo e quer é ser candidata a de putada da nação.

Uma senhora que um dia pela calada da noite, às tantas da madrugada, coloca um longo comentário a desancar-me, no Portal Minderico, à espera que alguém o lesse ANTES de eu o apagar. Claro que não apaguei!

Saberá esta senhora o que é a democracia? Quem anda na política para além de saber DAR, tem de saber RECEBER (críticas, claro)

Enfim, é uma alma penada política. Por mim tudo farei para desmascarar esta senhora nas próximas eleições, ainda que venha a ser ameaçado fisicamente por algum PSD mais ferrenho e empalado das vistas.

vmcs

observadora atenta disse...

Tantas críticas à vereadora do PSD, que me dá vontade de perguntar?
O que é feito da dra Asseiceira? Tem feito por Minde e pelo concelho tanto que nem há espaço para o descrever.
Ó Vitor, agora trabalhas para o Azevedo e passaste a criticar a oposição? Deixa-te de merdas, candidata-te ao lugar dela, e vê se fazes algo que mereça a pena falar

Anónimo disse...

Já alguma vez assistiram ou participaram nalguma reunião política em Alcanena? São todos- presidente incluído-,anti- Minde. Os n/ autarcas, esses nem se fazem ouvir. Depois, há os que disfarçam (caso da candidata da oposição),mas são, repito, todos iguais.
É pena que os mindericos, na altura das eleições, embandeirem em arco tão facilmente- quase sempre mal-, e a reboque de alguns opinion makers.
Já tivemos várias " câmaras" mas estes, de facto, não gostam de Minde. Fingem gostar, não mais que isso. Eu por mim topo-os bem. E mais, nota-se alguma contrariedade quando,por vezes,algo em Minde corre melhor ou sobressai relativamente a Alcanena. E não é preciso ser perspicaz para ver.

Anónimo disse...

ups ... a observadora atenta deve pertencer à chamada classe dos opinion makers...Tudo bem ,está no seu direito. Mas, não custa nada ouvir tb outras opiniões.É que em Minde é assim:
qualquer opinião que saia fora do formato político dominante é de imediato atacada como se só "esses" quisessem ou soubessem o que é melhor para Minde. Não acham um pouco bacoco?
Conheço relativamente bem as 2 candidatas ( Cláudia e Asseiceira), mas não tenho em relação a nenhuma, qualquer preconceito político. São personalidades bastante diferentes.Há que estar atento/a!

Anónimo disse...

Tá mais que visto que quem está no poder em Alcanena tem feito tudo o que é possível para não beneficiar Minde. E o mesmo vale para as anteriores Câmaras.

Por isso é que temos de nos perguntar: porque é que nunca houve um presidente da câmara - ou sequer um candidato! - natural da freguesia de Minde?!

Porque é que cada vez que se fala nisto, tocam os sinos a rebate em tantas e tantas casas?!


Se se aceita um Presidente da Câmara das Lapas, completamente inepto, que se limita a ir assistindo à auto-gestão da Câmara, não se aceitaria de Minde ou de qualquer outra freguesia do Concelho?

Se a própria Ana Cláudia Coelho, cuja simpatia por Minde é por demais conhecida, é de Torres Novas e é uma putativa candidata a Presidente da Câmara, porque não um candidato de Minde?!

Não haverão pessoas capazes em Minde para ocupar o lugar? Para fazer, como independentes, um grande mandato como vereadores da oposição? Não haverá Mindericos que aliem a esta capacidade uma vontade de fazer qualquer coisa e uma independência intelectual e económica que os permita avançar e liderar um projecto destes?

Anónimo disse...

Fui ao teu portal e reli o teu diferendo com a vereadora Cláudia. Olha Vítor, desculpa lá dizer-te isto, na altura pensei que ela tinha exagerado, mas agora vendo bem as coisas, ela fez bem em dizer-te tudo o que te disse. Afinal, ela é a única que vai trabalhando, é através dela que ainda sabemos alguma coisa e tu críticas uma vez porque ela não dá notícias, outras porque dá notícias, outras porque ela existe, outras porque respira, chegas a ser ofensivo. Já te conhecemos há muitos anos, sabemos que é o teu feitio, mas o exagero...vê se te acalmas, os ódios fazem-te mal. Dedica-te antes às fotografias, bem mais interessantes com que nos costumas brindar...hummm!

Mindericus Vulgaris disse...

Olá, bom dia

Fico à espera das propostas que a Drª Ana cláudia tem para apresentar à Freguesia de Minde.

Tal como da Drª Fernanda Asseiceira, claro.

O problema da Freguesia de Minde é de DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO

Na sua 1ª campanha eleitoral para a Presidência dos Estados Unidos, Bill clinton disse ao seu opositor Bush pai:

That's the economy, stupid!

Mindericus Vulgaris disse...

Ah, e já agora

Obrigadinho pelas 4 salas de aula para Minde ;-)

Fiquei muito feliz

Bem hajam! senhoras e senhores vereadores, com particular ênfase para a Drª Ana cláudia que se deve ter batido galhardamente para esse número ser alcançado.

vmcs

Anónimo disse...

Seria bom que se pudessem consultar também as últimas actas do CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO.
Com certeza que o assunto dos Centros Escolares há-de ter sido tratado!
E nesse Conselho M.de Educação estará provavelmente algum representante das autarquias, o que significa que, o nosso Presidente da Junta estará a par destas decisões.
Gostaria também de perguntar qual vai ser a posição do Pres. da Assembleia Municipal(o qual, não deixará de se interrogar:
porque razão é que os alunos da zona Sul do Concelho (leia-se Agrupamento de Escolas de Alcanena)têm mais direito aos fundos do QREN - e portanto de melhores condições-, do que os da zona norte do Concelho)?
Se os autarcas de Minde quisessem, já teriam feito algumas diligências no terreno e aí sim, poderiam pressionar quem manda- e muito-,(leia-se chefe de gabinete Dr Daniel Café). É que, apesar da crise em que nos encontramos- e a crise é geral-, tem de ficar acautelada a hipótese de Minde crescer -e portanto o s/ Centro Escolar- e não apenas Alcanena! É que é de elementar JUSTIÇA!
E ainda:
se as Escolas foram construídas no centro de Minde e não têm rodas para se tranportarem para zona mais desafogada- e isso é que é um facto-, seria chegada a hora de se adquirir terreno/s à volta ( porque os há) e aí sim, construir aquilo que ainda faz falta para a implementação do Centro Escolar de Minde, obra importante, acreditem, para o n/ desenvolvimento.

arre gaita disse...

"Intermezzo sem data previsível para regresso"

Anónimo disse...

Meus caros
Alguns dos nossos autarcas não estão em condições para discutir seriamente a questão do Centro Escolar de Minde. O que é pena, pois quando se assume um cargo político e se luta pelos interesses de uma população, tem de se ser coerente e dar mostras de confiança nas instituições da terra. Quem não estiver em condições de o fazer, tudo bem: não se candidata. De outra forma é gozar com o povão.
Ora, como todos sabemos, como poderiam agora alguns deles (autarca Menezes do PS -residente em Fátima (!), ou o vereador João José ,ICA- opositor à C+S pela antiga questão dos terrenos), defender agora um CONDIGNO CENTRO ESCOLAR PARA MINDE? Para os filhos dos outros? Penso que até os outros vereadores se ririam! E infelizmente é o que temos.

Anónimo disse...

Parece-me que, pela leitura de alguns comentários aqui expressos, que nesta matéria, nada de bom se perspectiva para Minde.Nunca acreditei nas boas intenções desta Câmara, nem das oposições, no que respeita à solução dos problemas de Minde. Fico cada vez mais convencido, que, seguindo o exemplo de todos os executivos anteriores, este também considera que qualquer coisa que se faça em Minde é sempre considerado um favor e não um investimento!
Curiosamente este sentimento emana não só de presidentes oriundos do Concelho mas também dos não nascidos em Alcanena!
Não seria altura, perante o que se pode ler nas entrelinhas, da nossa Junta de Freguesia promover uma reunião com quem sabe o que se passa, EB23 por exemplo, para, mais uma vez, não ser apanhada com as calças na mão?

Anónimo disse...

Na sequência do comentário anterior, com o qual concordo, apelo à Junta de Freguesia para que tome conhecimento do que se está a cozinhar.
Não se deixem comer!

Anónimo disse...

É isso.
Vamos esperar pela junta de freguesia mais dinâmica e competente do país, que ela de certeza vai tratar disto tudo...

ps: alguém sabe quando é que há assembleia de freguesia?

Anónimo disse...

Mas desculpem lá,há uma coisa que eu não estou a perceber. Mas afinal nós não temos um vereador em regime de permanência de Minde? Desde que os ICAS foram eleitos que há um vereador em regime de permanência no município. O João José que me perdoe, que eu gosto muito dele, mas também tem uma grande quota parte de responsabilidade nisto tudo. E afinal só se fala na Junta.

Anónimo disse...

Pelo que li, não se falou só na Junta.
É obvio que há bastantes responsabilidades do vereador de Minde q está a tempo inteiro na Câmara. Segundo sei,ele faz também parte da Assembleia de Escola do Agrupamento de Escolas de Minde.
O que é ,no mínimo estranho!
E mais não digo.