05 setembro, 2007

Torres Novas : Uma Dinâmica Diferente



Isenção de taxas em obras e redução de impostos

O presidente da autarquia de Torres Novas anunciou que vai propor à Câmara a redução de 1 por cento do IRS cobrado aos seus munícipes, bem como a isenção total de taxas municipais em obras a realizar no centro histórico.
No resto da cidade e das freguesias a isenção será de 50 por cento, adiantou.

Por outro lado, todas as empresas do concelho que facturem até 150 mil euros ficarão isentas de derrama, de acordo com a proposta, adiantando António Rodrigues que existem no concelho cerca de 600 pequenas e médias empresas. ... Ler mais in "O Mirante" »»»

18ª Fersant com expectativas de 30 mil visitantes


A Feira Empresarial da Região de Santarém (Fersant) realiza-se de 14 a 23 de Setembro no pavilhão de Exposições da Nersant, em Torres Novas. Segundo, António Campos, Presidente da Comissão Executiva da Nersant, este vai ser o melhor Fersant desde 2002.

Este ano a Feira para Empresários, conta com mais expositores, 108 empresas e entidades participantes vão estar presentes, espalhadas por 165 espaços. É ainda de destacar que 30 destes expositores são novos, sendo esta a sua primeira participação.

Mas nem só a quantidade é o atractivo deste ano, o Fersant promete ainda uma grande variedade de seminários a realizar durante a feira, com temas que pretendem esclarecer os empresários nos principais desafios actuais, como a globalização dos mercados, o sector da restauração e a responsabilidade social.

A Fersant deste ano, tem como novidade a parceria da Nersant com a RTT (Região de Turismo dos Templários) resultando dai a realização em simultâneo da V Mostra de Gastronomia dos Templários. Esta mostra irá promover cinco restaurantes, sete adegas, trinta artesãos e dez expositores de entidades ligadas ao turismo.
Mas nem só a gastronomia irá ser servida às mesas dos participantes, existirá ainda espaço para o debate, que se realizará durante os seminários sobre temas que vão desde a segurança e higiene alimentar, a nova legislação no sector da restauração e bebidas e os apoios financeiros.
Resta acrescentar que as entradas serão gratuitas durante a semana, tendo o custo de 1€ às Sextas, Sábados e Domingos.
Por Duarte Martins in "Plataforma" »»»

Nova Biblioteca Municipal de Torres Novas

As obras da nova Biblioteca Municipal de Torres Novas encontram-se quase concluídas, devendo os trabalhos estar finalizados no próximo mês de Outubro. O novo equipamento cultural da cidade situa-se nas imediações das Piscinas Municipais e do Jardim das Rosas e dará resposta à elevada população escolar da cidade e do concelho.
A nova Biblioteca Municipal ocupa uma área de 1600 m2. O edifício terá três pisos e englobará o arquivo histórico municipal e um auditório, estando consideradas áreas de leitura de adultos, infanto-juvenil, fundo local, mediateca, entre outras, para além de espaços de convívio e de apoio ao utente. Ler mais (e fotos) in " CM Torres Novas" »»»

Divulgação da Europa junto dos cidadãos

No sentido de promover uma relação mais próxima dos cidadãos à Europa, a Câmara Municipal de Torres Novas está a desenvolver contactos de parceria com o Centro EUROPE DIRECT Santarém, com objectivo de dinamizar uma rede de parceiros que permita a divulgação e disseminação de informação acerca da União Europeia.
Neste âmbito, a página Internet da autarquia, será um dos meios promovidos pela Câmara, como canal preferencial e privilegiado na divulgação de informação sobre a União Europeia. Saber mais in "CM Torres Novas" »»»

XXII Feira dos Frutos Secos

As passas, os figos, as nozes, as amêndoas e a restante família dos frutos secos e passados estão a menos de dois meses de saltarem para as bancas da Feira Nacional do Frutos Secos
Este evento, que integra a V Feira do Figo Preto de Torres Novas, está de volta com a XXII edição, de 5 a 14 de Outubro, no Pavilhão de Exposições de Torres Novas.
O certame vai contar com as habituais bancas de frutos secos e passados, com concursos de doçaria confeccionada com este tipo de frutos, e ainda com um concurso de fotografia alusivo ao tema.
www.feiradosfrutossecos.org/


COMENTÁRIO :
Crise é uma palavra que se tem vindo a traduzir no Concelho de Torres Novas por Dinâmica, Acção e Desenvolvimento. Torres Novas não parou no tempo (e até tem um site que vai divulgando o que se faz no concelho), enquanto que, por cá, nos afundámos no tempo.
Torres Novas..., aqui tão perto, mas tão distante !!!

5 comentários:

Vitor Manuel Coelho da Silva disse...

Sr. Engº Azevedo

Na minha qualidade de seu ex-apoiante (lembro-lhe que em 1989 dei a cara pelo senhor, em lista patrocinada por si, o que levou até bastante gente a cortar relações comigo) venho-lhe dizer o seguinte:

Aceite a parceria que o Sr. Presidente da Câmara de Torres Novas lhe propôs para fazer em conjunto uma nova Zona Industrial junto ao nó da A1/A23.

Aprenda com ele!

Contra factos não há argumentos.

Não vale a pena tentarem tapar os olhos ao povo do Concelho de Alcanena - os ICAS são um falhanço total.

E são um tal falhanço que até conseguiram anestesiar o povo do Concelho - até um dia!

Cumprimentos

Vítor Manuel Coelho da Silva

Anónimo disse...

Sr Victor:
Diga-me então qual é a sua opinião sobre a ideal localização para uma nossa zona industrial;

é que no comment do tema "Museus adjudicados e à espera de financiamento" diz que é favorável uma Z.I. a Norte do nosso concelho, mas neste Post, já diz aos icas que deviam aprender com o presidente da Câmara de Torres Novas (O que eu tambem concordo), pois o ideal era aceitar a parceria que o Sr. Presidente da Câmara de Torres Novas lhes tinha proposto para fazer em conjunto uma nova Zona Industrial junto ao nó da A1/A23.

Não me leve a mal, mas em que é que ficamos?

Eu pessoalmente, acho muito bem que seja junto aos nós da A1/A23, Sempre defendi essa ideia.

P.S. Começo a ter vergonha de viver neste concelho.

Vitor Manuel Coelho da Silva disse...

Identifique-se que eu respondo-lhe. Parece-me que não lê bem o que escrevo.
Cumprimentos
Vítor

pm disse...

ISENÇÃO TAXAS E REDUÇÃO IMPOSTODS
Em Torres Novas não sabem ganhar dinheiro. Venham aprender a Alcanena.

FERSANT
30 mil visitantes na Fersant ainda não vão bater as famosas 200 entradas por hora na Feira do Concelho de Alcanena.
Torres Novas que se cuide.!

BIBLIOTECA NOVA
Só agora? Em alcanena já temos uma, com uma exposição luso-brasileira e futuras fotos da festa em Cabo Verde. E mais: agora vamos fazer o Museu da Pele.

DIVULGAÇÃO DA EUROPA
E nós fazemos parte disso ?

FEIRA DOS FRUTOS SECOS
Para quê, se nós por cá já passámos as passas do Algarve. Se querem feiras como deve ser vão ao Multiusos.
Esta malta de Torres Novas ainda tem muito que aprender !!!

gAz disse...

Vieste de férias, mas vieste bem seco.
lol.
Estão sempre a bater na malta, não pode ser, assim até se perde a vontade de trabalhar.
Um abraço