27 setembro, 2007

Nos Céus de Minde

«Minde é um local FABULOSO para voar. Só tem 2 problemas: Só se consegue voar com NE e em Invernos normais a Aterragem transforma-se num lago... »
by CR Virgilio


É assim que os entendidos descrevem Minde em termos de prática de asa delta e parapente, mas faltam estruturas e condições de apoio.
Há uns anitos atrás (no tempo do "Pardal"), iniciou-se a instalação de uma rampa de lançamento e a abertura de um trilho de acesso na Serra.
Depois, descobriu-se que o terreno era privado, começaram as chatices, e ninguém mais mexeu no assunto. Foi pena !
São estas pequenas mais valias que fazem as povoações, e, gota-a-gota, vão atraindo pessoas, dando notariedade à n/ terra, e colorindo os nossos horizontes.



Construir uma rampa não é nada do outro mundo, nem uma despesa significativa. Mas a rampa não se constrói sozinha nem só com palavras. É tempo de deitarmos mãos á obra (a esta e a outras) e dar início a processos. Nada acontece sem um princípio e um empurrãozinho.



Não podemos estar sempre à espera que sejam as autoridades e os outros a ter as idéias e a fazer alguma coisa. É altura de nos começarmos a mexer. Eu estou sempre disposto a colaborar. E Vocês ?
Os "radicais dos céus" que tenham as primeiras palavras...

Em 2005, alguns destes radicais, produziram este vídeo em Minde.

3 comentários:

pm disse...

Bonitos, estes passarões.

Até eu gostava de experimentar esta sensação de liberdade.
Mas deve dar cá um aperto nas "bolas" ...

Anónimo disse...

Conheço razoavelmente Minde e num passado recente fui praticante de parquedismo em Evora, e pude testemunhar o quanto essa actividade tem atarído pessoas áquela cidade, por isso e reconhecendo em Minde optimas condições para o voo de parapente e asa delta,será uma pena que por falta de pequenas infraestruturas que até são muito baratinhas,a vossa simpática terra desperdice uma oportunidade de atraír gente que ajude a dinamizar Minde.
Acrescento que esta rapaziada ligada aos desportos areonauticos, é pessoal porreiro e que irão gostar do convívio.

Cumprimentos para Minde
João

Pnet disse...

Pouparam tanto na adjudicação da recuperação da Casa Açores (48.000 contitos) que bem podiam fazer a plataforma para o parapente.

E se pouparem um cadito no Museu do Mau-Cheiro, perdão, no Museu da Pele e dos Curtumes (custo=300.000 contos), ATÉ PODERIAM FAZER uma plataforma para aterragem, quando o Polge de Minde estivesse cheio nos Invernos.

Penso eu de que ...

Vítor Manuel Coelho da Silva

PS: À atenção do pelouro do desporto