21 setembro, 2007

Obras de santa engrácia

Temos andado aqui a discutir "bagatelas", como é o caso do custo que a CMA diz que vai investir na recuperação da Casa Açores em Minde, e esquecemo-nos dos "balúrdios de massa" que estão a ser gastos em outras obras no concelho, como é o caso do Cine-Teatro S. Pedro e do Carsoescópio - Centro de Ciência Viva.
São obras que já estão a ganhar barbas de antiguidade, e gostava de saber se nestes casos o Sr. Autarca Eduardo Marcelino também aqui aplica a mesma frase que disse quando se referia aos trabalhos de saneamento na zona da Serra de S. António: “Nos meus mandatos foi rara a obra que teve trabalhos a mais”.



As obras de restauro do Cine-Teatro de Alcanena já quase caíram no esquecimento, e só o dinheiro que já foi gasto em projectos, quase que dava para construir o museu da aguarela (segundo rumores, talvez ainda sobrasse alguma coisa).

Recordo que, já em Março, a Artemrede anunciava:
«A reabertura do Cine-Teatro de Alcanena, "com condições para receber quase todo o tipo de produção artística", está prevista para Setembro.
O anúncio foi feito por Luís Patrício, vice-presidente da Artemrede – Teatros Associados durante a sessão de apresentação da programação cultural para o corrente ano.»




Já sobre o Carsoescópio, nem dá para entender.
O Centro de Ciência Viva tinha inauguração prevista para Setembro de 2005, mas dificuldades financeiras protelaram a sua conclusão.
Posteriormente, esteve com inauguração marcada com o Presidente da República Cavaco Silva
(que estava disponível) para 7 de Junho, mas por indisponibilidade de algumas personalidades, teve novamente de ser adiada.
O site da CMA anuncia que é para breve, mas não adianta qualquer data (talvez mais perto das eleições autárquicas).

Seria interessante sabermos mais alguma coisa, e custos, destas obras, mas, como de costume, isso pertence ao segredo dos deuses, e os contribuintes não têm nada com isso. Apenas têm que bater palmas na inauguração e ir votar "como deve ser" nas próximas eleições.
Vamos esperar sentados para ver o que isto vai dar.

3 comentários:

Vítor Manuel Coelho da Silva disse...

Pedro

Se esperares sentado vais-te fartar e ainda apanhas alguma embolia nas pernas.

Estas obras devem-se à intensa reinvidicação que as populações de Alcanena e Alviela têm exercido junto da Câmara, como sabes ;-)

Reinvidicação essa idêntica à que os 3 Vereadores de Minde têm exercido, também como sabes ;-)

Aquilo são murros na mesa do Presidente todos os dias!

Aliás, como se tem visto, estes 3 Vereadores da Freguesia de Minde, têm agido em grande conformidade estratégica e daí terem conseguido mais 48.000 contitos para recuperar a Casa Açores.

Um dia se fará a história destes anos em que a Freguesia de Minde teve condições excepcionais (por ter 3 Vereadores) para se impôr junto da Câmara e de como foi perdida esta oportunidade.

Uma lástima!

Vítor Manuel Coelho da Silva

Um gajo que começa a ficar F***do com esta m**da toda disse...

Comissionistas é o que eles são

Anónimo disse...

PM
Tens levantado aqui uns temas interessantes e mostras que estás atento á aberração que tem sido esta administração do concelho e da junta de Minde. Destes nem vale a pena falar.

Confesso que nas primeiras eleições votei ICA, mas estes homens têm sido um ultraje completo.

Minde e Alcanena precisam de outras gentes que trabalhem mais e viagem menos.

Um Covano do Ninhou

PS: não me identifico publicamente, mas conheces-me bem e podes contar sempre com o meu apoio