18 julho, 2007

Obras no Vale Alto



A Junta de Freguesia de Minde está a levar a efeito no Vale Alto alguns trabalhos de arranjo das bermas das principais ruas. É um trabalho que esta aldeia da n/ freguesia bem merecia e que dotou os arruamentos com melhores condições de circulação pedonal e escoamento de àguas.
Segundo as palavras de um membro da JFM, estes trabalhos têm vindo a ser executados pelo pessoal da JFM e têm um custo estimativo de aprox. 15 000 euros.

Concordo plenamente com a execução destas obras, não só porque a freguesia não se limita a Minde, mas principalmente porque a necessidade das mesmas era bem visível.
O que eu não sei é se este tipo de trabalhos será da competência das juntas de freguesia, atendendo aos seus limitadíssimos orçamentos.
Em meu entender, obras desta natureza, que exigem trabalhos com uma certa responsabilidade técnica e financeira, deveriam ser imputados às câmaras municipais. Acho que é aos Municípios que compete zelar pelo estado dos arruamentos dos concelhos e não às juntas de freguesias que se deviam limitar a pequenas obras de conservação e reparação, e não a obras de raíz.
Assim não deverá haver orçamento que resista, e quando a manta não estica, o buraco acabará por aparecer noutros locais.
É apenas uma opinião de um leigo, e o que interessa é que o trabalho está quase concluído e o Vale Alto ficou com muito melhor aspecto.

Mas... continuo na minha. A CMA é que deveria ter assumido as rédeas desta empreitada porque a JFM não é uma empresa de construção, embora, por vezes, tenha apetência por estes trabalhos e assuma esse papel, como foi o caso da reparação de um passeio frente a uma obra no centro de Minde, e cujos trabalhos deveriam ser imputados ao proprietário da obra. Enfim, são gestões, e as JF são para isso mesmo: ajudar quem precisa. Será que quando eu, ou você precisar, farão o mesmo ? A ver vamos.

3 comentários:

Anónimo disse...

Para mim também acho uma mais valia para a aldeia do vale Alto, como diz o pm, a necessidade era bem visível. Ainda bem que foi feito.
Mas será necessário também alcatroar a rua que vai da rijoma até ao Autódromo (rua onde o Alfredo Rui tem um terreno, onde o Moisés tem a sua casa) para os mais exigentes posso dizer que essa rua está cartografada com o nome de Avenida das Cabecinhas que está entre a rua Serra De Aire e a rua das Pedreiras

Ver em:
http://mapreporter.navteq.com/dur-web-external/secured/submitDur.do?userType=CONSUMER&language=en

Até penso que será mais necessário alcatroar essa rua, em vez da rua que vai para casa do vereador ou para a casa do presidente da assembleia, (não tenho nada contra estas ilustres e digníssimas imagens). Mas como parece, o orçamento não dá para tudo, só para algumas coisas, e poucas……..

vmcs disse...

Ao fim de 20 anos como Vereador da Câmara Municipal de Alcanena, o Sr. Prof. Artur Simões Rodrigues vê passeios na sua terra natal!

É obra!

Anónimo disse...

O Fresco é talhado para calcetar os passeios amigos.Depois do passeio da sua casa foi a calçada que o cunhado do JJ destruiu com a sua obra embargada. Será que no ValeAlto também foram os amigos que lhe pediram, ou é so para mostrar serviço.