15 janeiro, 2009

A ratoeira das Escadinhas dos Penedos


Já em Novembro de 2006 aqui publiquei estas fotos alertando para o perigo que constituía a utilização destas escadas.
Esta foi mais uma das famosas heranças que a tal reconversão urbana nos deixou. Uma obra anti-regulamentar com umas escadas que mais se assemelham a uma rampa. São ideais para umas brincadeiras de bicicleta, mas, para descer a pé, quando estão molhadas, são uma autêntica ratoeira.



Nestes dias de frio e gelo, o sol não incide por aqui, e as escadas tornam-se extremamente escorregadias e quase um ringue de patinagem. Nestas e nas outras escadas que as precedem, os acidentes têm sido vários, e, recentemente, houve uma senhora que escorregou e partiu um braço.
E quem é o responsável por isto? Foi quem as mandou construir (demolindo as que lá existiam que eram mais seguras) e quem deu o visto final à obra. Eram esses ilustres que deviam lá bater com a cabeça no chão (se é que têm cabeça).
O mal está feito. Agora apenas se apela à Junta de Freguesia que as mantenha limpas e coloque sal nestes dias mais frios de gelo. É o mínimo!

3 comentários:

Mindericus Vulgaris disse...

Eu também sou candidato à Câmara de Lisboa

Ver aqui:

http://www.pnethomem.pt/cronica.asp?id=830

Vítor

Anónimo disse...

Poderia ser era candidato à de Alcanena ou à Junta de Minde...
Mesmo que não tenha votos e não ganhe, o que certamente acontecerá, sempre servirá para aumentar e melhorar a discussão e para apimentar a campanha, pelo menos na net...

Ou tem cagaço?

vmcs disse...

Olá,

Estou recenseado em Lisboa, voto em Lisboa, a minha vida é em Lisboa. Tenho interesses em Lisboa e projectos pessoais para executar em Lisboa.

Continuo a gostar muito de Minde, claro.

E tenho um cagaço do caraças de anónimos como você.

Nunca tinha reparado?

Cumprimentos

Vítor

PS: E sei que muitos anónimos como você, que certamente trabalha enormemente em prol de Minde nunca votaria em mim.