27 novembro, 2008

Estrada de Minde / Fátima - A Estrada da Vergonha

Fátima: Altar do Mundo, e Todos o Caminhos vão dar a Fátima, são dois dos slogans muito utilizados na promoção da cidade de Fátima.
O problema é que nem todos os caminhos oferecem condições mínimas para se chegar a uma das cidades mais visitadas de Portugal. E quem todos os dias tem de circular na Estrada Nacional EN360, que liga Minde a Fátima, sabe bem do que estou a escrever.

Minde - FátimaHá muito que as queixas contra a falta de condições da Estrada de Minde fazem parte do dia-a-dia dos moradores e utilizadores da via. Num raio de 100 kms não conheço uma estrada em tão péssimas condições de circulação e segurança.

Pavimento degradado e cheio de remendos, buracos, falta de passeios, tampas de saneamento desniveladas, maus cheiros provenientes das tampas dos colectores de esgoto e péssima sinalização, são algumas das carecterísticas deste caminho a que chamam Estrada de Minde.
Antigamente este percurso, de aprox 13 kms, demorava cerca de 10 a 15 minutos. Agora, nem meia hora chega.

As obras de saneamento deixaram o piso num estado deplorável, e, estou certo que quem o utiliza diárimente, já deve ter chamado todos os nomes e mais alguns aos responsáveis por esta situação. Não há amortecedores que aguentem, as avarias e acidentes são mais que muitos, e os contribuintes, que pagam imposto de circulação, não têm que ser penalizados pela incompetência de quem manda.

O próprio bispo da Diocesse de Leiria / Fátima, na sua recente visita a Minde, nos encontros com empresários e autarcas da vila e de Mira de Aire, chamou a atenção para o mau estado desta via de circulação.

Já em Junho último, o presidente da Câmara Municipal de Ourém, David Catarino, afirmava que o estudo prévio para a requalificação das quatro principais entradas de Fátima foi entregue à Câmara e foi aceite pela autarquia. Questionado sobre o assunto na assembleia municipal do dia 27 de Junho, David Catarino reconheceu que o arranjo daquela via é uma “urgência” e com ou sem os apoios do QREN, a autarquia terá de avançar com a sua requalificação.

Palavras, leva-as o vento e o problema continua por resolver, sendo esta estrada um perigo, não só para quem circula em veículos, mas também para os milhares de peregrinos a pé que utilizam esta via para se dirigirem a Fátima.
Impõe-se, não só a pavimentação da via, mas também, a construção de uma via pedonal paralela para a circulação de peões e ciclistas.



Embora a estrada apresente piores condições na Freguesia de Fátima, é de referir que a mesma, na zona pertencente ao Concelho de Alcanena, apresenta iguais deficiências. E já alguém ouviu falar algo sobre este assunto aos Autarcas de Alcanena? Nada. Para eles, este problema não existe, embora o tenham ajudado a provocar com as obras de saneamento. Para estes executivos, o importante é levar a efeito "a cagança" dos projectos dos museus.

Ninguém faz nada e impõem-se medidas drásticas e urgentes de protesto. Já ouvi falar da organização de uma marcha lenta e até de um bloqueio organizado. Eu estarei lá.


Assine a Petição On-line aqui: Estrada Minde - Fátima

12 comentários:

Anónimo disse...

Pedro,
Excelente artigo e excelente ideia para uma iniciativa. Já que os nossos políticos locais nada fazem, está na altura de as populações se começarem a mexer.
É nestes pontos que se pode ver a força da sociedade civil. E é também nestes pontos que podemos ver qual a força e a união dos Mindericos, que em alguns casos semelhantes preferem alhear-se dos "grandes" problemas da localidade ou que a rodeiam, perdendo-se em grupelhos e amuos, desunindo-se e dando trunfos ao que não nos querem bem.
abraço,

Anónimo disse...

Boa malha. Marquem uma data que eu estou na primeira linha.
Jorge

Estrada Minde - Fátima disse...

Petição online aqui:

http://www.pnetpetições.pt/mindefatima

Anónimo disse...

Devíamos bloquear a estrada e chamar a TVI. Vê-se bem que o Azevedo não passa por aqui, porque senão, com aquela energia toda, a estrada já estava arranjada

pm disse...

É provável que o Presidente Azevedo não passe aqui (nem sei se ele sabe que isto também faz parte do concelho), mas temos vários vereadores na freguesia e um deles até é do Vale Alto.
Já ouviram algum dizer alguma coisa sobre o assunto? Já alguma vez este tema foi aflorado nas reuniões da Câmara? Zero.

Têm mais em que pensar e estão preocupadíssimos com os museus e espectáculos no S. Pedro e afins.

mais um enganado disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Lino disse...

Não sou de Fátima, mas gostaria de ver a estrada arranjada para o bem de todos! Agora só não entendo como as pessoas de fátima não fazem manifestações ou cortam a estrada em sinal de protesto por esta vergonha. Já assinei a petição mas temo que não seja suficiente! Coragem!

Anónimo disse...

Já hoje me perguntei quando é que haveria uma petição a circular. Ai está ela, excelente iniciativa!

Marquem data e divulguem! Estou lá!

Lino disse...

Não percebe porque tantos anónimos, as pessoas têm medo do quê? Temos que assumir a nossa vontade para mudar as coisas.

Nelson disse...

Uma vergonha....Realmente uma estrada nacional, que serve a nossa capital religiosa, num estado deplorável, e sem resoluções à vista. Penso que é tempo de por fim a esta vergonha.

N.Ramalho

Anónimo disse...

Arranjem maze as estradas, que isto e uma vergonha ,

Anónimo disse...

Já agora que se está a falar de arranjos de estradas, se por acaso houver algum iluminado que consiga pressionar o LENTO empreiteiro que está a trabalhar na Rua do Cruzeiro ,os moradores agradeciam .A não ser que esteja a fazer render o peixe para ser inaugurada com pompa e circunstância por altura das Eleições.