01 março, 2008

A Carta Educativa no Blog PSD Alcanena

Na reunião de 11 do corrente, foi presente uma tentativa de revisão da Carta Educativa do concelho de Alcanena que padecia de algumas lacunas, nomeadamente no que respeita ao cumprimento de requisitos legais. Neste âmbito, a vereadora do PSD solicitou ao Senhor Presidente da Câmara que retirasse este ponto da agenda de trabalhos, argumentando (e demonstrando com exemplos) existirem no documento.
(...)
Neste âmbito, sugeriu a criação de uma comissão com representantes das diversas forças políticas e com os técnicos, a fim de se proceder à alteração do referido documento, uma vez que a Carta Educativa ao constituir-se como o documento de planeamento o e ordenamento prospectivo de edifícios e equipamentos educativos a localizar no concelho, é um documento extremamente importante para o Concelho, que merece um olhar atento de todos.
(...)
Apesar da participação de todos os membros, depressa se percebeu que nem todos teriam a mesma disponibilidade e/ ou vontade, pelo que inesperadamente a responsabilidade de coordenação deste trabalho acabou por recair na vereadora do PSD, Dra Ana Cláudia Coelho, que juntamente com os técnicos dos Departamentos de Educação e Obras e Planeamento, procederam às devidas alterações.
(...) Ler texto completo em http://psdalcanena.blogspot.com/

COMENTÁRIO:
Desconheço o conteúdo deste documento (como de tudo o que se passa nos gabinetes deste Concelho de Alcanena), mas é claro que não posso concordar com o resultado final do mesmo: 22 salas a construir em Alcanena e apenas 4 em Minde.
São números muito díspares que me parecem pouco lógicos, mas também é claro que só os relatórios e respectivos dados estatísticos (que tb desconheço) podem servir de referência à tal conclusão final. Seria muito interessante e esclarecedor que alguém tivesse coragem (para a CMA seria uma obrigação) de publicar a citada Carta Educativa, mas isso... é Top Secret. Só os pseudo-iluminados gestores da CMA é que têm direito a isso. Nós, o Povão, não temos nada a ver com essas coisas.

Lendo o texto publicado no blog do PSD Alcanena, chegamos à conclusão que foi a Vereadora do PSD que, juntamente com os técnicos da CMA, teve de "assumir as rédeas" da sua correcção, quando penso que esse serviço pertencia a quem recebe ordenado para o fazer. Independentemente dos resultados, acho que a Vereadora, apesar de estar na oposição, esteve bem. Afinal o objectivo deverá ser servir o Concelho e contribuir para o seu desenvolvimento.

Lendo alguns comentários no post "Câmara de Alcanena aprova Carta Educativa", entendo que alguns são um pouco injustos. A Sra. Vereadora apenas cumpriu a sua obrigação de contestar um documento com irregulariedades, e pelos vistos, se voluntarizou para proceder à sua correcção.

Não pretendo ser advogado da Dra. Ana Claudia, nem tão pouco a conheço ou alguma vez falei com ela, mas, independentemente de convicções políticas ou partidárias, uma coisa tenho observado:
Certa ou errada, tem sido apenas esta Vereadora que tem extrapolado cá para fora alguma coisa (pouca) do que se passa nos "top secrets" assuntos dos "iluminados" gestores da CMA.

4 comentários:

Anónimo disse...

Os comentários não são injustos.
Os comentários não se referem à ajuda que a vereadora deu à câmara, que deve ser elogiada e bem-vinda. Mas também te digo. Ela não é vereadora da Câmara? Não é essa a sua obrigação? Para que é que foi eleita? Ou apenas deve trabalhar em prol da Câmara e da população o vereador que é da cor que está no governo, que está a tempo inteiro e que é pago?!

É que até fico chocado por ter de salientar isto. Ao estado a que tudo isto chegou… Então Sua Excelência é Vereadora da Câmara e, nessa posição, é um feito único, inigualável e nunca visto ter-se ocupado de um documento, da sua área profissional, ajudando a Câmara…

Nem vou dizer mais nada porque isto nem merece comentários.

E retomando: os comentários não são injustos, pecam é por defeito. São até muito assertivos.
Não é objectivo que são dadas 22 salas de aula a Alcanena e 4 a Minde?
Não é objectivo que a Vereadora Ana Cláudia participou activamente nesta carta educativa e que concorda com esta (entre outras) medidas?
Não é objectivo que a Vereadora Ana Cláudia fez tudo o que estava ao seu alcance para, também aqui e à imagem de outras situações, beneficiar Alcanena em detrimento de Minde?

Não há volta a dar:
A Vereadora Ana Cláudia, tal como o Azevedo e muito mais, comungam deste princípio fundamental e orientador das suas carreiras políticas:

Por Alcanena puxar sempre. Em Minde, iludi-los 3 a 4 meses antes das eleições.

Anónimo disse...

oh homem, não sei porque é que ainda insistes. Agora até como anónimo. Só lhe estás a dar palco e valorizá-la, pois a verdade é que os outros a receber não fizeram nada e a outra do PS, tembém é professora e teve-se nas tintas. Dá-nos mas é música e fotografias que o teu paleio já cansa. Quanto à responsabilidade ser dela das salas de Minde, acreditas mesmo nisso? Havia agora uma inversão,queres ver 1 contra 6 e ganhava 1? Já te esqueceste do voto que foi por unanimidade? Já te esqueceste que tens 3 vereadores da terra? Vamos estar atentos a tudo e a todos e não nos podemos apenas focalizar numa pessoa e num facto. Esaa atitude não nos beneficia em nada, nem o desenvolvimento da nossa freguesia.

cai fora disse...

Só quem não sabe ler é que culpa a vereadora desta mesericórdia das salas de aula. Se ela tivesse quieta e sossegadinha, como a outra, ninguém lhe apontava nada.
Ajudou a corrigir a trapalhada em címa dos joelhos que a icalhada costuma fazer, e´ela é que é a ré?Anda muita gente de óculos escuros. A mulher intervém e ajuda, e ela é que é a culpada?
Ganhem juízo!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

A outra tem nome. Quanto mais não seja Asseiceira que parece estar muito em voga. Recomendo uma consulta das actas da Câmara, que apesar de estarem atrasadas, contêm informação sobre este assunto. E aí sim se vê o que se propôs e quem propôs. Podem começar pelo ano de 2006, se a memória não me atraiçoa. Face ao exposto, nada mais e ocorre do que... afinal havia outra. Usa é calças e saias mais compridas,não tendo,nem nunca teve a preocupaçao de dar nas vistas a qualquer custo.Penso que este é até o seu principal problema. Trabalhar sem dar nas vistas e isto na nossa sociedade e tendo em conta a conjuntura eleitoral que se aproxima é um defeito.