07 novembro, 2007

Na Inauguração do Retail Park em T. Novas



... Contrariando as vozes que têm criticado o alegado “excesso” de superfícies comerciais em Torres Novas, Albano Mateus afirmou estar plenamente convicto que há consumidores e poder de compra na região “para os que já cá estão e os que hão-de ainda vir”. Em jeito de aviso deixa no ar uma promessa: “Há muitas outras coisas que vão surgir em Torres Novas brevemente”.

Uma frase que o presidente da Câmara de Torres Novas confirmava mais tarde, embora de forma pouco concreta. António Rodrigues (PS) referiu que a proliferação de espaços comerciais na cidade fazem parte da estratégia assumida que engloba o nó da A23 numa plataforma comercial com características intermunicipais e regionais. “Há pessoas que ainda não perceberam que na Zibreira temos o quilómetro zero da auto-estrada para Madrid”.

O autarca anunciou também que o seu município, em parceria com a câmara vizinha de Alcanena está a projectar para o nó da A23 outro tipo de investimentos, mais vocacionados para a indústria e a logística.
“Torres Novas conseguiu há 10 anos captar empresas, algumas de municípios vizinhos, que geraram aqui riqueza. Faz todo o sentido agora que, no âmbito dessa estratégia, aceitemos de bom grado este tipo de investimento que hoje se inaugura” rematou o autarca torrejano. ...
Publicado in "O Mirante" em 29.10.07



COMENTÁRIO:
Tal como já fez Ourém, os convites de parcerias dos concelhos limítrofes têm sido vários. Só que eles trabalham a outro ritmo e Alcanena vai-se mantendo impávida e silenciosa.
Ainda bem que os outros presidentes de câmara vão dizendo alguma coisa, senão teríamos de viver na ignorância sobre o que se projecta no n/ concelho. Valha-nos isso !!

1 comentário:

vítor manuel coelho da silva disse...

Em parceria com Alcanena? Xiça, tanto que falámos nisso! A ser verdade, parece que o senhor Azevedo começa a brir os seus olhinhos míopes para a política.

Agora só falta a parceria com a Câmara de Ourém.

Malta, toca a falar bué na parceria com Ourém para o Polo Industrial a Norte do Concelho.

PS: Esperemos que sejam estes outros Presidentes a liderar as coisas, se não sairá borrada de certeza eheheheheh.

Por outro lado, nós que já pertencemos ao Munícipio de Torres Novas (até 1914), talvez fose altura de a ele voltarmos,sei lá!

Ai, eu ando tão baralhado da minha cabecinha!!!!!