12 novembro, 2007

Lena Construções vai edificar Museu do Curtume

Já não é novidade nenhuma. Há mais de dois meses que foi tornado público, mas a Agência Lusa difundiu hoje esta notícia, sobre o futuro Museu do Curtume em Alcanena:

"A Lena Construções venceu o concurso público para a construção do Museu do Curtume, em Alcanena, numa empreitada adjudicada por 1,65 milhões de euros, anunciou esta segunda-feira a sub-holding do Grupo Lena para a área da construção.

A obra foi adjudicada pela Câmara Municipal de Alcanena, sendo o prazo de execução de 395 dias.
O Museu do Curtume pretende manter vivos, para as gerações futuras, os processos e métodos utilizados desde o século XVIII nas actividades de curtumes.
Contará com zonas de exposição permanentes e temporárias, para além de um auditório que funcionará como centro educativo.
Está também prevista a construção de um centro de educação sobre a arte do curtume.

A Lena Construções alcançou, em 2006, um volume de negócios de 253 milhões de euros, tendo um peso de cerca de 50% no volume de negócios do Grupo Lena, afirma o comunicado."
Diário Digital / Lusa

6 comentários:

Anónimo disse...

Todos nós sabemos que qualquer investimento na cultura, não é para receber dividendos, tem outros objectivos que eu pessoalmento considero enriquecedores, mas 1,65 milhoes de Euros??? (330 mil contos) sem contar com as derrapagens???? É muito capital, não acham???

Estamos a passar por maus bocados, e eu não vislumbro bons investimentos na nossa câmara.

A Zona industrial de minde é o que é: Para além de vir muitíssimo tarde, já mesmo muito mal localizada, pois ninguém espera encontrar uma zona industrial ali, atrás do cemitério, por detrás da zona histórica de Minde e em pleno sopé da serra.
Na minha opinião uma boa zona industrial para o concelho (A1/A23) chegava bem. O concelho não é assim tão grande, e o trânsito tambem não é demais.

Agora este investimento no museu do couro, numa altura destas.....
Que fique claro que eu não acho mal, mas acho que o capital podia ser muito mais bem aplicado.

Navigation

pm disse...

É muita massa, sem retorno, nestes tempos de vacas magras. Ainda por cima, sem apoios estatais. Recorde-se o investimento no Museu Nacional Ferroviário a construir no Entroncamento - 3 vezes menor.

Tb apoio o investimento cultural, mas neste momento urgem outras prioridades, e não considero o Museu do Curtume (etnografia industrial) uma obra com este nivel de urgência. Apenas tem cariz político e eleitoralista.

Sobre a ZIM, ou loteamento para barracões, ...isso falarei um dia destes.

Anónimo disse...

ALCALENA ... O Paraíso Amarelo

è preciso ter lata disse...

Triste, triste, triste...

Caminhamos para o abismo cantando e assobiando....

A população tem o que merece, pois foram eleitos em eleições livres e democráticas.

Anónimo disse...

Essa conversa "A população tem o que merece, pois foram eleitos em eleições livres e democráticas", não é assim, se calhar a população votou nestes pois estaria confiante que estes fizessem um trabalho digno e levassem Minde a bom rumo. Mas pelos vistos não...

è preciso ter lata... disse...

Então não tiveram o exemplo do 1º mandato?
Se os voltaram a eleger é porque apreciavam o trabalho feito.