15 novembro, 2007

Bronca na Câmara: - estalou o verniz !!!

Vereadora do PSD de Alcanena pede demissão do chefe de gabinete do presidente da câmara

A vereadora do PSD na câmara de Alcanena, Ana Cláudia Cohen, pediu esta segunda-feira, durante a reunião do executivo, a demissão do chefe de gabinete do presidente do município Luís Azevedo (ICA). Em causa estão algumas acções de Daniel Café, que culminaram numa homenagem recente, realizada no edifício da autarquia com a presença do líder do executivo municipal, em que o chefe de gabinete foi distinguido por uma entidade brasileira pelo trabalho desenvolvido num trabalho de mestrado sobre a criação de um museu territorial.

A social-democrata pediu esclarecimentos no início de Setembro sobre a homenagem a Daniel Café e só recebeu resposta dois meses depois. Os esclarecimentos vieram através de uma carta escrita pelo próprio Daniel Café, apresentada durante a reunião por Luís Azevedo. A vereadora diz-se indignada, já que na missiva, o chefe de gabinete (que se apresenta apenas como munícipe) acusa-a de má fé e dirige-lhe outros “insultos”.

A vereadora explica que recebeu um convite para assistir à homenagem, “sem saber para o que ia”. Na cerimónia, foi confrontada com o elogio a Daniel Café, designado pelos organizadores como “um homem com um sonho”, que conta com “a ajuda do presidente”. “Quis saber qual era o fundamento daquelas palavras e o próprio presidente da câmara não me soube responder. Não sabia… Tive que esperar pelo esclarecimento do próprio homenageado”, justifica Ana Cláudia Cohen.

A autarca não aceita as justificações e referiu durante a reunião que a “carta teve um prazo de um mês de inspiração”, contestando o facto de Daniel Café ter usado recursos da câmara para o trabalho de mestrado, sem que para isso tivesse informado a autarquia. “O seu chefe de gabinete traz mais problemas do que resolve”, acusa. Ana Cláudia Cohen acabou por aconselhar o presidente a “reorganizar o seu gabinete” e à saída confirmou a O MIRANTE que exige a demissão de Daniel Café.

O pedido surge também na sequência de breves declarações proferidas pelo chefe de gabinete durante a fase de intervenção do público durante a reunião do executivo. Daniel Café mostrou intenções de intervir como munícipe e iniciou as hostilidades ao apelidar a vereadora de “idiota”. As declarações de Daniel Café foram interrompidas por Luís Azevedo, que não permitiu mais desenvolvimentos. Antes, o presidente da autarquia tinha considerado uma “perda de tempo” discutir o assunto.

O desempenho do chefe de gabinete do presidente da Câmara de Alcanena merece várias críticas por parte da vereadora social-democrata. Ana Cláudia Cohen contesta a atribuição de competências que pertencem ao presidente da câmara a Daniel Café. É o caso do pelouro da Educação que está a ser gerido pelo chefe de gabinete. “Ele tem o mesmo poder de um vereador. Decide, gere dinheiros…”, contesta a autarca, que põe mesmo em causa a legalidade das funções actualmente assumidas pelo responsável.

O MIRANTE tentou ter acesso ao conteúdo da carta de três páginas apresentada durante a reunião pública da reunião do executivo, mas a mesma não lhe foi facultada, à semelhança do que tem acontecido com o pedido de outros documentos. A própria vereadora do PSD tentou obter uma cópia, mas esta também não lhe foi cedida, tendo-lhe sido apenas permitida a sua consulta. O presidente da câmara limitou-se a referir a existência da missiva, mas não leu o seu conteúdo publicamente.
In "O Mirante"


COMENTÁRIO:
Ficamos todos a perceber porque é que a CMA retirou do site a acta de reunião em que a Dra Asseiceira também contestava a homenagem feita a Daniel Café, e porque é que não foram publicadas mais actas nenhumas. Eu já calculava que isto tinha de vir "à baila". Mas mais virá.

Nada tenho contra a pessoa (nem a favor), mas esta homenagem foi um autêntico escândalo. Nem no antigo regime se faziam figuras destas. São estes homens que custam balúrdios de dinheiro ao concelho, que não apresentam trabalho que se veja, e ainda por cima se entretêm a homenagear uns aos outros, com umas viagens geminadas à mistura. Haja vergonha e bom senso !! (e Mais Transparência).

PS : Ainda bem que O Mirante envia um jornalista às reuniões da Câmara. Senão, com esta maioria amarela e absoluta, nem saberíamos a data das próximas eleições. É tudo lá com eles!

2 comentários:

artista pró-activo disse...

O Café devia ser colocado no " Artistas Mindericos "

Todo o verdadeiro artista lá deve estar ha, ha , ha ( este ha, ha, ha é devagarinho )

Anónimo disse...

É SÓ PALHAÇADA