11 janeiro, 2007

A Impunidade



A recente publicação no Jornal de Minde de um artigo em que um anómimo oferece 10 000 euros para que no Largo das Eiras seja construído um jardim, em deterimento do secreto projecto de alguém pretender erguer um edificio naquele local, trouxe novamente "à baila" a discussão da precipitada demolição das antigas escolas.
Foi um verdadeiro acto de vandalismo, decidido levianamente pelos n/ autarcas à mesa de um restaurante e no meio de uns whiskys. Esta é a verdade, e só revela o modo como as coisas têm sido decididas no n/ concelho.
É certo que a discussão do assunto (que agora os responsáveis apelidam de mexericos) não trará o edificio de novo, mas este acto não pode passar impune.
Foi um autêntico atentado e crime contra o património local, à revelia de qualquer legislação e até contrariando o PDM.
Terá sido feito algum relatório, por pessoas avalizadas, sobre o interesse arquitectónico do edifício? Foi feita alguma consulta à população? Foi o assunto discutido em Reunião Camarária? Foram ao menos avisados os utilizadores de parte do imóvel (núcleo da Sociedade Portuguesa de Espeleologia)?
Para todas estas questões a resposta é um NÃO.
Existem responsáveis para este acto lesivo para a n/ terra que demonstra incompetência, falta de cultura e desrespeito para com os nossos antepassados.
Por questões menores, já vi serem realizados inquéritos para apurar e punir responsáveis, mas em Minde somos demasiado brandos e pacíficos para nos ralarmos com "coisas destas", e, até premiamos os prevaricadores.
Estas pessoas são as mesmas que se julgam donos do Concelho, continuando impunemente a tomar decissões idênticas, e a quem nós, nas últimas eleições demos maioria absoluta.

PS: Sobre o mesmo tema, visite o Blog Debater-Minde , e, já agora, leia o programa eleitoral dos detentores do poder, reproduzido parcialmente no site Minderico.

13 comentários:

vmcs disse...

Olá, boa noite

Não, não venho falar sobre as Eiras. Esse assunto vai começar a correr por outras vias, também. Não basta contestar. É preciso agir. O que vai sr feito ;-)

Venho aqui apenas para te convidar, Pedro, a ires ao "site"

AFRICAMENTE

colocar as tuas fotos de Angola. Era só.

Um abraço

vmcs

PS: www.africamente.com

Ela disse...

Oh micas, és capaz de me fazer um favor? É que eu ainda tenho esperança: podes mandar colocar as minhas "ricas escolas primárias" de novo no sítio onde estavam? Era só isso que eu queria. Tenho tantas memórias perdidas que queria voltar a encontrar... Beijos!

Cusca disse...

Não seria melhor a senhora Ela pedir esse favor á sua amiga Alzira?

pm disse...

Cara Ela.
"Oh Tempo, volta para Trás", salvo errro, foi António Calvário, ou António Mourão, que cantou.
Não lhe posso devolver essas memórias, e mesmo a ter-se mantido o núcleo do edificio, é lógico que o mesmo teria de ser adaptado a novas funções. Nem tudo pode ser museus.
Mas agora que não existe nada, um belo jardim, com um elemento decorativo, era o ideal.
Um Bem-Haja !!

Ela disse...

Oh cusca não seja assim. Vá lá, relaxe. Eu só estava a ser poética...

LOURENÇO disse...

aindanao percebi porque e que as pessoas se refugiam no anonimato....uns matam outros esfolam!!!!!! quero deixar explicito que em nada estao a contribuir para o bom nome de MINDE antes pelo contrario estao a denegrir a sua imagem.Este blog e visto por muitas centenas de pessoas se nao milhares... vamos todos debater os assuntos com sinceridade e tranparençia independentemente daopiniao de cada um. so assim contribuimos para elevar o BOM NOME DE MINDE
BEM HEJAM

Anónimo disse...

Eu também acho Lourenço. Acontece que, não sendo anónimo, com o seu nome há milhares de pessoas neste país... Bem Haja!

Anónimo disse...

ha certas pessoas que nao merecem resposta .... LOURENÇOS ha muitos mas parece que MINDRICOS ha poucos... aquem couber a carapuça que a enfie.............

Lourencito disse...

Quando a ELA começar a pronunciar-se sobre Minde e os seus problemas vai ser interessante avaliar as suas opiniões ;-)

Se é que as tem !

Anónimo disse...

Tenho tanta pena das pessoas que levam a vida a sério!

Anónimo disse...

falam, falam mas eu não os vejo a fazer nada!!!!ezzeehh

Anónimo disse...

Charadas para cá, charadas para lá, vá lá malta lancem ideias!!! e porque não um belo jardim nas Eiras????
Hoje para os nossos filhos, amanhã para os nossos netos???!!!

Anónimo disse...

Este palerma descobriu agora que a grande solução é um Jardim nas Eiras haha